Correio do Minho

Braga, sábado

- +
“Queria muito que Vítor Oliveira estivesse aqui para ver este golo”
Está a nascer uma charca na EB 2,3 de Nogueira que vai acolher várias espécies

“Queria muito que Vítor Oliveira estivesse aqui para ver este golo”

Detectados 270 alunos com necessidades de terapia da fala nos últimos três anos

“Queria muito que Vítor Oliveira estivesse aqui para ver este golo”

Desporto

2021-04-19 às 06h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Lourency descreveu o golo apontado ao Benfica. Revelou que jogada foi ‘imaginada’ por Ricardo Soares e falou ainda da importância do falecido técnico na evolução tem tido em dois anos de Gil.

Aos 80 minutos de jogo no Estádio da Luz, Lourency apontou o segundo golo do Gil, que viria mais tarde a ser decisivo na obtenção da vitória por parte dos barcelenses. Em declarações à ESPN Brasil, o atacante brasileiro assumiu que o técnico Ricardo Soares já tinha imaginado esse desfecho.
“O meu golo foi um lance treinado de movimentos contrários. O nosso treinador fica ao nosso pé para fazermos isso. Ele [Ricardo Soares] ficou muito feliz quando deu golo nesse lance, porque ele pediu muito para fazermos essa jogada”, afirmou Lourency, que descreveu o momento de forma detalhada.

“Quando o Samuel [Lino] estava com a bola, pedi para ele tocar no Claude [Gonçalves] porque já sabia onde ele ia mandar. Antes mesmo do passe, eu já estava lá. Quando a bola veio, vi que estava muito longe para cruzar e resolvi finalizar porque o adversário estava cansado. Esperei que o guarda-redes saísse para rematar. É uma finalização que treino muito, inclusive converso com o Denis, que diz que a batida entre o ombro e o pescoço do guarda-redes não tem como defender”, disse, lembrando ainda alguém importante na sua vinda para a Europa.
“Recebi ajuda do técnico Vítor Oliveira. Queria muito que ele estivesse aqui para ver o meu golo contra o Benfica. Ele apostou muito em mim. Foi um treinador que disse que me gostaria de acompanhar, porque sabia que eu iria render muito mais do que no ano passado”, rematou.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho