Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Quatro mil crianças desfilam hoje na abertura da Braga Romana
Triformis Técnica está de portas abertas à comunidade

Quatro mil crianças desfilam hoje na abertura da Braga Romana

Banda Nova de Barroselas “assinou há 85 anos um compromisso com a cultura”

Quatro mil crianças desfilam hoje na abertura da Braga Romana

Braga

2019-05-22 às 06h00

Redacção Redacção

Cortejo ‘Ludi Litterarii’ abre esta manhã a 16.ª Braga Romana. Iniciativa conta com a participação de quatro mil crianças e jovens das escolas do concelho. Até domingo revive-se a Bracara Augusta.

O cortejo ‘Ludi Litterarii’ abre, esta manhã, a 16.ª edição da ‘Braga Romana - Reviver Bracara Augusta’, juntando cerca de quatro mil crianças e jovens das escolas do concelho, que a partir das 10 horas, irão percorrer as ruas da cidade, terminando na Praça do Município, onde terá lugar a cerimónia de abertura.
A iniciativa contará com a presença da vereadora da Cultura, Lídia Dias.

Até domingo, a cidade de Braga volta a vestir-se a rigor para recriar o quotidiano de Bracara Augusta. A Braga Romana convida bracarenses e visitantes a conhecer as origens da cidade e a partilhar a paixão pela sua história.
Este ano, a Braga Romana apresenta-se com diversas novidades, desde logo com a relocalização do Acampamento Militar no Largo Paulo Orósio (frente aos Bombeiros Voluntários), e da área pedagógica no Largo de Santiago.
Nesta edição, os principais espectáculos – Concílio dos Deuses, Casamento Romano e Funeral Romano – terão lugar no palco instalado no átrio do Museu D. Diogo de Sousa.

Na apresentação do evento, a vereadora da Cultura explicou as alterações com a necessidade de levar o evento para o local onde Bracara Augusta tinha a sua área delimitada pela muralha romana. Esta será também uma oportunidade para atrair mais visitantes a espaços como as Termas da Cidade, ao Largo de S. Paulo, Largo de Santiago e até ao Museu D. Diogo de Sousa.
“Queremos que as pessoas consigam vivenciar ao máximo a Braga Romana. Ao longo de cinco dias, os Bracarenses debruçam-se particularmente sobre este pedaço da sua história, através da recriação do contexto social e das actividades económicas. Queremos continuar a fazer da Braga Romana uma grande festa da memória e da identidade”, referiu Lídia Dias.

Também o mercado será distribuído pela rua Francisco Sanches, Largo de S. João do Souto, rua de S. João, Rua do Forno, Rua de Nossa Senhora do Leite, Rua Gonçalo Pereira.
Já a Praça da Alimentação continua instalada nas Carvalheiras e no Largo de S. Paulo.
A 16.ª edição coloca à disposição do grande público oportunidades para um contacto mais efectivo com a memória da civilização romana no território Bracarense, com a recriação do quotidiano romano nas suas mais diversas áreas.
A Braga Romana dá ainda a oportunidade ao público para visitar museus e espaços arqueológicos que, nestes dias, se enchem de vida e novas experiências.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.