Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Póvoa de Lanhoso: Misericórdia vai receber 80 infectados até ao fim da próxima semana
AIJ 20.21 discute realidades que “habitam nas margens”

Póvoa de Lanhoso: Misericórdia vai receber 80 infectados até ao fim da próxima semana

Câmara Municipal Ponte de Lima aprova integração na Associação de Municípios da Serra d’Arga

Póvoa de Lanhoso: Misericórdia vai receber 80 infectados até ao fim  da próxima semana

Cávado

2020-11-22 às 06h00

Redacção Redacção

Unidade de Cuidados Moderados da Misericórdia povoense adequou condições para apoiar doentes Covid e aliviar pressão dos hospitais da região.

Até ao dia de ontem eram já 40 os doentes Covid instalados na Unidade de Cuidados Moderados da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso, mas até a previsão é de que até ao final da próxima semana o número suba até aos 80 utentes infectados.
A Misericórdia povoense é uma das unidades do grupo integradas no acordo de cooperação com o Estado na luta contra a pandemia, cujo objectivo principal é aliviar a pressão sobre os hospitais públicos.
O secretário de Estado da Mobilidade visitou na manhã de ontem a unidade a fim de aferir as suas condições para o tratamento destes doentes, tendo sido acompanhando pelo Provedor da Misericórdia, o presidente da União de Misericórdias Portuguesas, o presidente da ARS Norte e o presidente da Câmara da Póvoa de Lanhoso.
Para o provedor este é mais um exemplo de cooperação entre as Misericórdias Portuguesas e o Estado, na luta contra a pandemia que a todos atinge. “Esta será a primeira fase do acordo com a ARSN, sendo que, caso seja necessário, a Misericórdia estará em condições de adequar a unidade para receber até 160 utentes”, revela o provedor, acrescentando que “estamos perante um trabalho notável de toda a instituição, onde se realça o trabalho incansável e a prontidão de toda a equipa”, continuou Humberto Carneiro que sublinhou ainda o apoio da câmara municipal.
A Unidade de Cuidados Moderados da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso torna-se assim, com 80 camas, a maior resposta nacional de apoio aos hospitais para a recepção de utentes Covid.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho