Correio do Minho

Braga, segunda-feira

“Proximidade” é grande mais-valia do AKI
População de Arcos reunida em Almoço de Natal

“Proximidade” é grande mais-valia do AKI

Domingos Bragança: “Este é um plano dos munícipes que aposta na mobilidade integrada”

Economia

2018-08-02 às 13h11

Marta Amaral Caldeira

Loja Aki Braga assinalou, ontem, a passagem dos seus 22 anos, com uma grande festa oferecida aos clientes e amigos, com muita música, diversão e actividades diversas em ambiente de loja, culminando com um mega bolo de aniversário.

O Aki Braga celebrou, ontem, os 22 anos de existência com uma grande festa que ofereceu muita animação, aulas de bricolage e um bolo de aniversário aos seus clientes e amigos, que se quiseram associar à celebração. A “proximidade” com os clientes é uma das maiores vantagens da loja, ensinando-lhes as possíveis soluções para os seus problemas ou projectos especiais que querem concretizar.

O estabelecimento comercial continua a ser o predilecto de muitos consumidores, que procuram ali uma solução rápida e eficaz para os problemas diários que surgem em casa ou simplesmente para levar a cabo um projecto que idealizaram mas que não sabem como executar na prática.

Em dia de passagem de mais um aniversário, Miguel Dias, director da loja do Aki Braga, assinalou “o crescimento” a que o espaço comercial tem assistido neste primeiro meio ano de 2018.

“O desenvolvimento de competências e a formação que possibilitamos em termos de produto aos clientes é algo que, defacto, nos diferencia no mercado”, explicou o responsável, indicando que, cada vez mais, as pessoas procuram aprender a fazer. “No Aki Braga, os clientes têm a possibilidade de encontrar não só as soluções e/ou produtos/artigos específicos, mas perceber na prática como determinados produtos se comportam, experimentando a sua aplicação em loja, com as indicações dos nossos funcionários - que acabam por lhes dar também uma breve formação em contexto prático, que os clientes depois replicam em sua casa”, frisou Miguel Dias. “O nosso conceito é mesmo ‘pôr as mãos na massa’, mas mesmo que não resulte, por qualquer motivo, nós deslocamo-nos a casa do cliente”.

O objectivo é que se dêm todas as opções ao cliente para que ele escolha aquela que quer, seja a mais barata ou a que ofere mais qualidade, referiu o director.

A responsabilidade social é também uma prioridade para o espaço comercial bracarense, que tem o projecto ‘Aki Coração’ - cujos voluntários ajudam também a levar mais longe a sua missão de “ensinar” todos aqueles que, em ambiente de loja, queira, aprender a fazer.

No primeiro domingo de cada mês, há um espaço de bricolage onde miúdos e graúdos se divertem a construir os seus próprios projectos contando com o apoio da loja e dos voluntários.
Ali há também oportunidade para os artesãos locais mostrarem os seus dotes ao público - no ‘Cantinho do Artesão’, mas não só. A CAPA - Clube de Adopção e Protecção de Animais da Póvoa de Lanhoso tem no Aki um espaço especial, potenciando a adopção junto dos seus clientes.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.