Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Projeto liderado pelo INL tem cerca de um milhão de euros para levar a inovação à Indústria do Mar
Garfe: criar um museu dos presépios é o sonho do padre Luís Fernandes

Projeto liderado pelo INL tem cerca de um milhão de euros para levar a inovação à Indústria do Mar

Promover a igualdade é a melhor forma de combater a violência

Braga

2018-11-08 às 21h22

Redacção

Projeto KETmaritime realiza um workshop no dia 14 de novembro

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) está a levar a cabo até fevereiro de 2020 o projeto KETmaritime, que tem como objetivo levar a inovação e a tecnologia às empresas que operam no setor marítimo. O projeto, que no total tem um orçamento de 985 mil euros, é direcionado às pequenas e médias empresas das áreas da construção naval, reparação e manutenção de navios e portos, navegação e logística, energias renováveis marinhas, petróleo e gás, pesca e aquicultura, biotecnologia marinha, processamento de peixe, entre outras.
As empresas do setor do mar interessadas em saber como podem beneficiar do apoio do INL no desenvolvimento de soluções inovadoras para a respetiva atividade podem participar no workshop que o INL vai promover no dia 14 de novembro, no âmbito do Business2Sea – Fórum do Mar 2018, que se realiza no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.
“O setor marítimo precisa de passar por uma transformação, alterando o seu modelo tradicional para transitar para um modelo com alto valor acrescentado apoiado na inovação e assim conseguir aproveitar as novas oportunidades que o mercado está a desenvolver”, explica Daša Majcen, responsável do INL pelo projeto KETmaritime.
No entanto, para as pequenas e médias empresas – que representam a grande maioria do tecido empresarial português - criar soluções inovadoras poderá ser mais difícil pela falta de recursos financeiros, humanos e técnicos.
É exatamente para contornar este problema que surgiu em novembro de 2017, o projeto KETmaritime. Trata-se de um projeto internacional que agrega sete parceiros privados e públicos de diversas regiões da Zona Atlântica e que é liderado pelo INL.
Este consórcio está dotado de experiência e conhecimento nas chamadas Key Enabling Technologies – que incluem a micro e nanoeletrónica; a nanotecnologia; a biotecnologia industrial; novos materiais; fotónica e as tecnologias avançadas de fabrico.
A missão principal do projeto KETmaritime é apoiar as pequenas empresas do setor marítimo no acesso a estas tecnologias com o objetivo de criarem produtos e serviços inovadores na sua atividade.
Neste sentido, o workshop que o INL vai promover no Business2Sea – Fórum do Mar 2018, será uma “oportunidade para aumentar o conhecimento sobre as Key Enabling Technologies (KET) e sobre a sua potencial aplicação à indústria do mar, através da apresentação de ‘case studies’ de sucesso. Os participantes do workshop terão ainda a oportunidade para estabelecerem contactos com potenciais colaboradores”, explica Daša Majcen.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.