Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Projeto “Enoturismo em Guimarães” apresentado no Paço dos Duques
Junta de Freguesia de S. Vicente celebra 85 anos e homenageia personalidades e entidades

Projeto “Enoturismo em Guimarães” apresentado no Paço dos Duques

Vila Verde promove mercado de Natal

Vale do Ave

2018-10-18 às 18h11

Redacção

Diversificar a oferta turística, minimizar a sazonalidade da procura turística, bem como fixar o turista no concelho de Guimarães são alguns dos objetivos deste novo projeto.

A Câmara Municipal de Guimarães, através da Divisão do Turismo, apresenta na próxima segunda-feira, 22 de outubro, o projeto “Enoturismo em Guimarães”. A sessão terá lugar na Sala da Duquesa do Paço dos Duques de Bragança, às 16h00, com a presença do Presidente da Câmara, Domingos Bragança e da Vereadora do Turismo, Sofia Ferreira.
 
A implementação deste projeto tem como principais objetivos: diversificar a oferta turística, minimizar a sazonalidade da procura turística, bem como fixar o turista no concelho de Guimarães, entre outros, garantindo a participação dos stakeholders locais.
 
O presente projeto possibilita ao turista uma experiência vínica e gastronómica, a qual se irá traduzir em visitas guiadas às Adegas com prova e compra de vinhos, participação nas atividades agrícolas e nas vindimas ou mesmo a dormida em algumas destas Quinta vinícolas, entre outros.
 
Tratando-se de um projeto aberto à participação de novos parceiros, esta primeira fase integra oito Adegas Vinícolas: Adega Cooperativa de Guimarães, Casa de Sezim, Quinta da Aveleira, Quinta da Cancela, Quinta de S. Gião, Quinta do Ermízio, Quinta do Picouto de Cima e a Quinta Eira do Sol.
 
A Estratégia para o Turismo 2027 – ET27 (referencial estratégico para o Turismo em Portugal no horizonte 2017-2027) aponta a Gastronomia e Vinhos como um ativo estratégico qualificador do destino, o qual enriquece a experiência turística e acrescenta valor à oferta, sendo que os prémios internacionais alcançados pelos vinhos portugueses colocam o país entre os melhores do mundo, constituindo uma excelente forma para potenciar o Enoturismo.
 
Dentro deste contexto, o potencial do Produto Enoturismo no concelho de Guimarães é significativo, com os produtores de vinhos a aperfeiçoarem os processos de produção e de comercialização, a investirem na remodelação das Adegas, modernizando-as e, sobretudo, criando condições físicas para a receção de visitantes e turistas, no sentido de proporcionarem uma experiência única.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.