Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Projecto Circular Ecosystems em destaque em Guimarães
Terras de Bouro acolheu Campeonato Nacional de Distância Média e Estafetas 2024

Projecto Circular Ecosystems em destaque em Guimarães

AF Braga entra com o pé direito e a golear no Lopes da Silva

Projecto Circular Ecosystems em destaque em Guimarães

Vale do Ave

2024-05-27 às 18h04

Redacção Redacção

O Laboratório da Paisagem de Guimarães acolheu uma reunião do consórcio do projecto europeu Circular Ecosystems.

Citação

Durante a reunião, de caráter ibérico, os parceiros puderam partilhar o estado de desenvolvimento da primeira fase do projeto, as barreiras encontradas e estratégias para o desenvolvimento de soluções de economia circular para as diferentes regiões. O encontro contou com a presença de representantes da Fundação do Património Natural de Castela e Leão, da Câmara Municipal de Valladolid, do Conselho Provincial de Ávila, do Instituto de Desenvolvimento Económico de Ourense e dos municípios de Matosinhos e de Guimarães.

Financiado pelo programa Interreg POCTEP, o projeto Circular Ecosystems, que terá a duração de quatro anos, tem como objetivo desenvolver soluções sistémicas para a circularidade de forma a minimizar a poluição e acelerar a transição para cidades desperdício zero. Na primeira fase do projeto, todos os parceiros irão desenvolver planos de ação territorial para a economia circular, onde irão preconizar-se estratégias que respondam à realidade e necessidades locais, com identificação das cadeias de valor prioritários e dos agentes intervenientes. Paralelamente, estão também a desenvolver planos de compras públicas ecológicas. Estes planos darão asas, numa segunda fase, a projetos-piloto acionáveis voltados para as cadeias de valor prioritárias no território. Para alcançar estes objetivos, o consórcio usará a metodologia desenvolvida na “Iniciativa Cidades e Regiões Circulares” (CCRI).

No caso de Guimarães, a tradição e expressividade do setor têxtil no território fazem com que este seja a cadeia de valor prioritária no município. Consequentemente, os projetos-piloto serão voltados para o desenvolvimento de soluções sistémicas que têm como objetivo reduzir a produção de resíduos têxteis, ao reintegrá-los diretamente na cadeia de valor, e melhorar a gestão dos mesmos através de soluções que possibilitem a sua recolha seletiva. Estas iniciativas visam responder às exigências europeias e nacionais no que toca à correta gestão de resíduos, particularmente à recolha seletiva de resíduos domésticos até janeiro de 2025, conforme estabelecido pela Comissão Europeia.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho