Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Produtos de Esposende com selo de origem
Famalicão assegura refeições escolares a todos os alunos que necessitem

Produtos de Esposende com selo de origem

Valença com Orçamento de 19,5M€

Produtos de Esposende com selo de origem

Cávado

2020-12-03 às 10h14

Redacção Redacção

Produtos de Esposende é a marca com selo de origem que vai ajudar na promoção dos produtos locais mais característicos do concelho. Aumentar o consumo e ajudar no escoamento de produções são os principais objectivos da marca.

Os produtos produzidos no concelho vão poder integrar a marca ‘Produtos de Esposende’ e vão ter selo de origem.
A marca enquadra-se no Programa de Incentivo à Produção e Consumo de Produtos Endógenos da Câmara Municipal de Esposende.
“Esta nova marca Produtos de Esposende, fará parte do novo conceito promocional e de divulgação, que valorizará os produtos com origem no concelho de Esposende, identificados, através de um selo criado para o efeito”, revelou a autarquia esposendense em comunicado.

A edilidade acrescenta que a gastronomia local “representa um dos mais importantes atractivos turísticos de Esposende”, fazendo com que o concelho seja considerado como “um destino de referência”.
A promoção dos produtos locais é uma das apostas do município de Esposende que, para o efeito, criou o programa ‘ESLocal’, de forma a estimular a produção e consumo dos produtos locais. “Um dos desígnios do programa é implementar o conceito de quilómetro zero, o qual promove a proximidade entre a produção e o consumo, de forma a que, a distância entre esses dois elementos seja reduzida a zero, aumentando o consumo e o escoamento dos produtos endógenos. Desta forma estaremos a apoiar os produtores locais (agricultores, pescadores, pastelarias, artesanato, entre outros), incentivando-os a cuidar da sua profissão como um negócio”, declarou a Câmara Municipal de Esposende.

O programa incentiva ainda ao comércio justo, ao desperdício zero, ao consumo sustentável, à redução da pegada ecológica e à educação alimentar. O município conta com a colaboração das associações de agricultores, pescadores e comerciantes do concelho.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho