Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Primeira Aldeia Natal “livre” de Covid-19
Centro Escolar Padre Himalaya é Escola de Acolhimento

Primeira Aldeia Natal “livre” de Covid-19

Covid-19 Eixo Atlântico defende recurso à Marinha portuguesa e armada espanhola

Primeira Aldeia Natal “livre” de Covid-19

Cávado

2020-12-05 às 09h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Até ao dia 24 de dezembro a Aldeia de Natal está situada no Largo da Porta Nova. Associação Comercial e Industrial de Barcelos (ACIB) dispõe de máquinas de desinfecção que permitem eliminar o vírus dos espaços e dos equipamentos.

Sem querer renunciar ao espírito natalício, a Associação Comercial e Industrial de Barcelos (ACIB) apresenta, até ao dia 24 de Dezembro, a primeira Aldeia de Natal “livre” de Covid-19. No Largo da Porta Nova, em pleno centro da cidade de Barcelos, não faltam “bons motivos” para que pequenos e graúdos vivam o espírito de alegria tão típico desta época em segurança, com uma máquina de desinfecção UV-C, que poderá ainda ser “uma solução” para as empresas da região. “Temos um espaço livre de Covid-19, porque estamos a usar uma máquina de desinfecção altamente sofisticada, que permite desinfectar todo o espaço envolvente, todo o espaço interior das casinhas e todas as prendas que vamos dar às crianças”, assegurou o presidente da ACIB, João Albuquerque.
Porque a ACIB “quer que as crianças e os pais sintam o Natal e não tenham que esmorecer por um vírus que ameaça destruir a economia bem como a estrutura social”, João Albuquerque garantiu que a Aldeia de Natal cumpre as regras da Direcção Geral de Saúde (DGS) e tem a autorização do delegado de saúde.
Até dia 24 de Dezembro, a Aldeia de Natal pretende manter o espírito natalício, das 10 às 19 horas (sempre que for permitido) e servirá também de demonstração das máquinas de desinfecção, desenvolvidas por uma empresa espanhola com quem a ACIB estabeleceu protocolo. “O comércio e a indústria estão a ser afectados por causa da Covid-19 e vamos disponibilizar aos associados, com um protocolo que fizemos com a empresa, para que possam adquirir estas máquinas com pagamentos em grande período de extensão”, anunciou o presidente da ACIB, informando que a máquina é “400% mais potente das que estão disponíveis no mercado e custa à volta 3.800 euros, podendo os associados fazer o pagamento faseado, cerca de 140 euros por mês”.
Estes equipamentos, que trabalham com os raios ultra-violeta, já estão a ser utilizados na sede da ACIB e ainda no espaço de formação. “Este é o nosso contributo tecnológico para dar o salto em frente na desinfecção e tranquilidade. Os interessados podem contactar os serviços da ACIB, que farão o encaminhamento no âmbito do protocolo”, explicou.
Ontem na abertura da Aldeia de Natal, o presidente avançou ainda com o programa da Campanha de Natal 2020 que conta com o comboio, também devidamente desinfectado e com as regras da DGS a ser cumpridas, animação de vários espaços da cidade, passatempos nas redes sociais e a Praça de Natal em Arcozelo, com um boneco de neve com 10 metros de altura.
João Albuquerque anunciou que a ACIB vai levar o Natal a todas as freguesias do concelho com a entrega de presentes e animação num autocarro.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho