Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Primavera cede plataforma ao Corpo Nacional de Escutas
Rio Minho ‘afina’ estratégia no fórum para ganhar voz na Europa em 2030

Primavera cede plataforma ao Corpo Nacional de Escutas

Avanço do mar exige prevenção, recuo planeado das populações e protecção

Economia

2018-07-21 às 09h00

Redacção

Ao abrigo de uma parceria que visa apoiar a evolução da gestão dos escutas, a Primavera e o Corpo Nacional de Escutas assinaram um protocolo.

A Primavera BSS e o Corpo Nacional de Escutas (CNE) acabam de celebrar um protocolo de âmbito nacional para o fornecimento de condições especiais de acesso ao software da tecnológica. Serão cedidas licenças de utilização das aplicações de Contabilidade, Logística, Activos, Recursos Humanos.
Ao abrigo deste protocolo, a Primavera irá apoiar o CNE num dos eixos estratégicos por si definidos para o próximo triénio, que consiste num aumento da eficiência através da evolução informática dos processos de gestão desta instituição.
Fundada em 1923, o CNE é a maior associação de jovens do país, sendo constituído por cerca de 72 mil membros distribuídos por 1030 Agrupamentos. Sediado em Lisboa, o CNE desenvolve a sua actividade ao longo do território continental e ilhas, razão pela qual a Associação necessita de centralizar os dados financeiros, uma vez que estes estão dispersos em vários sistemas. Com as soluções PRIMAVERA, os processos serão automatizados e a informação estará num repositório único, o que permitirá uma melhor consolidação financeira e por consequência ter acesso à informação de forma mais ágil e em tempo real.
Ivo Faria, Chefe Nacional do CNE considera que, “como resultado desta parceria, o CNE prevê ter resultados muito positivos em duas vertentes: por um lado, através da redução entre 15 a 20 por cento dos custos fixos e, por outro lado, permitindo aos voluntários focarem-se mais no seu trabalho com os jovens, libertando-os dos trabalhos administrativos”.
José Dionísio, co-CEO da Primavera BSS, considera que esta parceria é extremamente importante pois permite-nos apoiar a actividade de uma instituição focada “no desenvolvimento pessoal, social e recreativo de muitos milhares de jovens portugueses”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.