Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Prémios Município do Ano com candidaturas abertas
Luís Valente de Oliveira sublinha potencial dos Laboratórios Colaborativos

Prémios Município do Ano com candidaturas abertas

Cerveira tem em curso empreitada de limpeza florestal em 37 hectares

Braga

2017-04-14 às 19h10

Redacção

A Universidade do Minho, através da plataforma UM-Cidades, tem as candidaturas abertas até 9 de junho aos Prémios Município do Ano Portugal 2017. Cada município pode candidatar um projecto seu, implementado a partir de 2015, que tenha gerado um impacto positivo no território, na economia ou na sociedade. 

A Universidade do Minho, através da plataforma UM-Cidades, tem as candidaturas abertas até 9 de junho aos Prémios Município do Ano Portugal 2017. Cada município pode candidatar um projecto seu, implementado a partir de 2015, que tenha gerado um impacto positivo no território, na economia ou na sociedade. 

O projecto pode ser um evento, produto, serviço, programa, infraestrutura, equipamento ou ação de sensibilização. O júri desta quarta edição vai avaliar os concorrentes até ao dia 30 de junho e a data de entrega de prémios será anunciada oportunamente. Há mais detalhes em www.umcidades.uminho.pt.
 
O Grande Prémio Município do Ano será eleito entre os projetos vencedores das nove categorias regionais: Área Metropolitana de Lisboa, Área Metropolitana do Porto, Região Norte, Norte menos de 20 mil habitantes, Região Centro, Centro menos de 20 mil habitantes, Alentejo, Algarve e Regiões Autónomas. A iniciativa foi ganha em 2014 pelo município de Lisboa (projeto 'Há Vida na Mouraria'), em 2015 por Vila do Bispo (“Festival de Observação de Aves & Atividades de Natureza”) e em 2016 pelo Fundão (“Academia de Código”), tendo essa última edição recebido o recorde de 93 candidaturas.
 
O concurso visa reconhecer e disseminar boas práticas de projetos dos municípios portugueses, promovendo o crescimento, a inclusão e a sustentabilidade. Visa também colocar na agenda o tema da territorialização do desenvolvimento, através da ação das autarquias de diferentes regiões do país.
 
A plataforma UM-Cidades, que tem sede no campus de Couros, em Guimarães, pretende promover de forma continuada e aprofundada a discussão da problemática das Cidades e Territórios Inteligentes e Sustentáveis, viabilizando, articulando e reforçando a cooperação científica das Unidades de Investigação da UMinho que colaboram nestas temáticas. A UM-Cidades tem criado parcerias com entidades nacionais e internacionais. Está representada na direção do Cluster Smart Cities Portugal e acompanha o desenvolvimento e ação do Quadrilátero e de outros projetos estratégicos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.