Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Pousada da Juventude de Bragag fecha para obras
Caminha assinala os 140 anos da chegada do comboio ao concelho

Pousada da Juventude de Bragag fecha para obras

Santuário do Sameiro renovado na peregrinação anual de Junho

Desporto

2017-11-29 às 07h49

Redacção

Cerca de 1,3 milhões de euros é o custo estimado para a reabilitação da Pousada da Juventude de Braga, cujo projecto é apresentado hoje pela Câmara Municipal. O lançamento do concurso público e a realização das obras de modernização da Pousada sita na Rua da S. Margarida dá concretização ao protocolo assinado há cerca de um ano entre o Município de Braga, o Instituto Português do Desporto e Juventude e a Movijovem, esta última entidade responsável pela rede de pousadas de juventude em Portugal.

Cerca de 1,3 milhões de euros é o custo estimado para a reabilitação da Pousada da Juventude de Braga, cujo projecto é apresentado hoje pela Câmara Municipal. O lançamento do concurso público e a realização das obras de modernização da Pousada sita na Rua da S. Margarida dá concretização ao protocolo assinado há cerca de um ano entre o Município de Braga, o Instituto Português do Desporto e Juventude e a Movijovem, esta última entidade responsável pela rede de pousadas de juventude em Portugal.

De acordo com esse protocolo, a Movijovem atribui a gestão da Pousada da Juventude de Braga ao Município pelo prazo de 30 anos, comprometendo-se a autarquia com a realização das obras de reabilitação do imóvel.
“Este é um projecto que se reveste de enorme importância estratégica para o Município de Braga ao nível da competitividade turística, políticas de juventude e promoção do empreendedorismo”, adiantou ontem fonte camarária. “A cidade ficará dotada de uma das melhores pousadas de juventude a nível nacional e com um equipamento à altura das suas ambições e da sua dinâmica associativa e juvenil, contribuindo para a afirmação de Braga como um destino natural para a juventude”, sustentam os responsáveis municipais.

A exploração do equipamento, integrado na Rede Nacional de Pousadas da Juventude, será da responsabilidade da InvestBraga, empresa municipal vocacionada para a dinamização económica.
A Pousada da Juventude já não reúne há muito as condições necessárias ao desempenho das funções para as quais se encontra vocacionada.
A realização das obras de reabilitação obrigam ao encerramento da Pousada da Juventude já a partir da próxima sexta-feira, dia 1 Dezembro.
No segmento das pousadas do segmento urbano actualmente geridas pela cooperativa Movijovem, a de Braga é a que pratica os preços de alojamento mais baixos, facto a que não será alheio as suas deficientes condições de hospedagem.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.