Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Ponte de Lima avança alarga Rede de Esgotos na SAR1 EN306 Cabaços/Freixo
Famalicão revela o talento do teatro amador

Ponte de Lima avança alarga Rede de Esgotos na SAR1 EN306 Cabaços/Freixo

Póvoa de Lanhoso incentiva a partilha entre gerações

Ponte de Lima avança alarga Rede de Esgotos na SAR1 EN306 Cabaços/Freixo

Alto Minho

2019-12-10 às 21h47

Redacção Redacção

Município vai assinar auto de consignação da empreitada esta quarta-feira, pelas 15 horas.

Dando seguimento à política de desenvolvimento sustentável que promove, o Município de Ponte de Lima procura beneficiar um conjunto de equipamentos essenciais à qualidade de vida da população. É neste sentido que assina, no próximo dia 11 de Dezembro, às 15h00, o Auto de Consignação da Empreitada de “Alargamento da Atual Rede de Esgotos - SAR1 EN306 Cabaços/Freixo”.

Esta empreitada de Obras Públicas visa a instalação de um coletor de saneamento na Estrada Nacional 306, entre as Freguesias de Cabaços e Fojo Lobal, e a Freguesia de Freixo. A extensão da conduta e ramais, prolonga-se por 4.200 metros, e está integrada num projeto global, que pretende resolver os problemas de saneamento de várias freguesias da Margem Sul do Lima.

Com um valor estimado de 254.870,06€ (com IVA incluído), esta é a primeira fase da obra lançada a concurso público em agosto passado, adjudicada agora à Martins e Filhos, SA.
A Assinatura do Auto de Consignação da empreitada cujo início se prevê no primeiro trimestre de 2020, decorre no Salão Nobre da Câmara Municipal de Ponte de Lima.
Note-se ainda que, em simultâneo, será levada a cabo a beneficiação da Estrada Nacional EN306, pela Infraestruturas de Portugal. Atendendo ainda à submissão de uma candidatura ao POSEUR, tem-se em vista a realização de uma rede de saneamento em determinadas áreas das Freguesias de Cabaços e Fojo Lobal, Friastelas, Ardegão, Freixo e Mato, e Associação de Freguesias do Vale do Neiva, com previsão de instalação de condutas naquela estrada nacional.

Dado o facto legal de que uma estrada pós-beneficiada pela Infraestruturas de Portugal, não pode ser intervencionada nos dez anos seguintes, a autarquia deliberou avançar com a instalação da tubagem naquele troço, facto do qual decorre o supra dito auto de consignação.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.