Correio do Minho

Braga,

Ponte da Barca investe mais de um milhão no parque escolar
Equipamentos dos bombeiros devem ser competência do Estado

Ponte da Barca investe mais de um milhão no parque escolar

Aumento da reciclagem poupou 300 mil euros à Agere em 2017

Alto Minho

2017-09-14 às 11h25

Redacção

As escolas do ensino básico e secundário de Ponte da Barca estão a ser todas requalificadas. O projecto da Câmara Municipal prevê um investimento que ultrapassa um milhão de euros. O presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Vassalo Abreu, lembra que este financiamento, aprovado em 2009 “ficou a marinar” com o governo PSD e só agora, com o governo PS, foi possível avançar efectivamente com o projecto.

As escolas do ensino básico e secundário de Ponte da Barca estão a ser todas requalificadas. O projecto da Câmara Municipal prevê um investimento que ultrapassa um milhão de euros.
O presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Vassalo Abreu, lembra que este financiamento, aprovado em 2009 “ficou a marinar” com o governo PSD e só agora, com o governo PS, foi possível avançar efectivamente com o projecto.

O autarca barquense reforça que “foi ainda durante o governo PSD que o agrupamento de escolas se debateu muito com falta de pessoal não docente porque o Ministério da Educação insistia que os dois polos que integram o agrupamento constituem uma só escola. A situação só ficou resolvida com o governo de António Costa. Até lá, foi a Câmara que supriu a falta de funcionários com a contratação de tarefeiros”, sustentou Vassalo Abreu.

Esta requalificação no parque escolar barquense assenta essencialmente, intervenções ao nível das coberturas para a substituição de fibrocimento e da garantia de estanquidade dos edifícios, prevendo ainda intervenções ao nível das fachadas dos imóveis com o propósito de melhorar as condições de conforto térmico, promover a reparação de elementos degradados e a conservação geral dos imóveis.

No que respeita ao estabelecimento de ensino da escola básica, está prevista a beneficiação do espaço exterior do equipamento escolar, tendo em consideração que o mesmo apresenta um espaço de logradouro diminuto e a carecer de tratamento, sobretudo para o desporto.
Ainda na educação, a autarquia barquense garante transportes a todos os alunos do 1.º ciclo, do básico e pré-escolar do concelho, o que implica um investimento de mais de 343 mil euros só para transportes escolares.

No total são 615 os alunos que beneficiam de transporte da sua residência até à escola durante o período escolar, já que a autarquia procura garantir a todos o acesso à educação, independentemente do local onde habitam ou da sua situação sócio - económica, procurando encontrar soluções, ao longo dos anos letivos, para assegurar o transporte dos alunos do Município de Ponte da Barca, ultrapassando assim muitas vezes aquilo que a lei e as verbas atribuídas a obrigam.

A câmara investe mais de 90 mil euros por ano nas refeições fornecidas aos alunos do pré-escolar e primeiro ciclo de ensino básico, e mantém o apoio de mais de 8 mil euros para o Projecto de Ensino Livre da Música aos alunos do 5.º e 6.º anos de escolaridade.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.