Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Pintura de Elisabeth Leite capta usos e costumes em Vieira do Minho
Palmeira festeja Nossa Senhora da Purificação

Pintura de Elisabeth Leite capta usos e costumes em Vieira do Minho

Vitória SC: consistência defensiva permite segundo melhor arranque secular

Pintura de Elisabeth Leite capta  usos e costumes em Vieira do Minho

Cávado

2022-08-06 às 10h00

Redacção Redacção

RUA JOÃO DE DEUS acolhe pintura pública de Eilsabeth Leite, uma obra promovida no âmbito do consórcio Minho-IN.

Citação

Junto a um parque temático que a autarquia está a arranjar, anexo à rua João de Deus, no centro de Vieira do Minho, a pintora Elizabeth Leite desenhou uma obra inspirada nas gentes e no meio rural que conheceu durante uma residência artística na aldeia de Campo. Numa parede com cerca de 220 metros quadrados, pintou homens e mulheres a lavrar a terra ou a fazer cestos, cavalos e bois, ovelhas, porcos e patos.
A obra de arte pública foi inaugurada ontem, com presença da própria artista, do presidente da Câmara, António Cardoso, de Marta Coutada, secretária executiva da Comunidade Intermunicipal do Ave em representação do consórcio Minho-IN — que integra 24 municípios dos distritos de Braga e Viana do Castelo, e de Helena Mendes Pereira, da Net Gallery, que teve a seu cargo a curadoria.
Marta Coutada explicou que a obra insere-se no programa de intervenções artísticas e comunidade denominado ‘No Minho não há aldeia melhor do que a minha’ , através do qual se procura “animar territórios de baixa densidade” e “trazer artistas para o território”.
A curadora Helena Mendes Pereira esclareceu que a encomenda custou 9 mil euros, e estimou em pouco mais do que 40 euros o metro quadrado, o que considerou um preço baixo, tendo em conta a qualidade da artista e a qualidade do trabalho.
Helena Mendes Pereira explicou que a encomenda buscou uma “ideia larga de identidade” para espaço público.
A artista lembrou que visitou por vários dias o território, conheceu o forno comunitário e o moinho, conviveu com pessoas de idade e com as crianças, vincando a alegria de as ter visto a brincar à solta “sem necessidade de vigilância dos pais”.
O presidente da Câmara Municipal, António Cardoso, visivelmente satisfeito com a obra que como sustentou retrata bem “os usos e costumes?das gentes desta terra’ , desafiou Elisabeth Leite a pintar outra parede nas proximidades.
O edil considerou que aquela pintura valoriza o parque temático em execução e “será mais um motivo para os visitantes apreciarem Vieira do Minho”.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho