Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Permanência do Maria da Fonte garantida com direito a jogo de alto nível
Festa da História tem Caminhos de Santiago como referência

Permanência do Maria da Fonte garantida com direito a jogo de alto nível

Festas em honra de Santa Eulália fortalece laços da população de Crespos

Permanência do Maria da Fonte garantida com direito a jogo de alto nível

Desporto

2019-05-13 às 14h29

Lurdes Marques Lurdes Marques

Objectivo cumprido. O?Maria da Fonte venceu de forma categórica na recepção ao Montalegre e garantiu a manutenção no Campeonato de Portugal, principal objectivo da equipa na presente época.

Era o tudo ou nada para o Maria da Fonte. Só a vitória interessava aos pupilos de Dinis Rodrigues para garantir a permanência no Campeonato de Portugal. Assim foi. Uma vitória por 4-0, num jogo brilhante e repleto de momentos de magia, que fizeram vibrar as centenas de sócios e simpatizantes que assistiram à partida, num momento importante da equipa das Terras da Maria da Fonte. Foram quatro mas poderiam ter sido mais. Tarde de inspiração para os comandados de Dinis Rodrigues, que regressou ao clube em Abril, uma casa que tão bem conhece e por quem tem um enorme carinho.

O Maria da Fonte entrou bem na partida, dando logo mostras que estava ali para não facilitar e para alcançar a tão almejada permanência nos nacionais. O primeiro sinal de perigo apareceu bem cedo, aos 3 minutos, por Henrique, que cabeceou à baliza contrária, com o esférico a sair tente à trave. Logo depois foi a vez de Telmo, na marcação de um livre a chutar com força, que obrigou João Viana a desviar para evitar males maiores à sua baliza. Do lado dos visitantes, o primeiro sinal de perigo aconteceu aos 11 minutos, com Zhang a rematar ao lado da baliza de Nuno. Romário lesionou-se numa queda e obrigou o Maria da Fonte, aos 18 minutos, a realizar a primeira substituição, fazendo entrar em jogo João Paulo.

Ao cair do pano da primeira parte, soou o grito de golo nos Moinhos Novos. Aos 43 minutos, Miguel Ribeiro encostou para o fundo das redes do Montalegre e colocou o Maria na frente.
No segundo tempo, o Maria da Fonte entrou disposto a consolidar a vitória. Mais forte e mais dominador, os marifontistas chegaram ao segundo golo por João Paulo, aos 62 minutos, para delírio da massa associativa. Aos 86 minutos, Miguel Ribeiro bisou no encontro e Marna, no primeiro minuto dos descontos, carimbou o quarto golo da turma da casa, perante um Montalegre que não conseguiu fazer frente à avalanche atacante do Maria da Fonte. Grande, jogo, grande exibição e grande resultado do Maria da Fonte a fechar a época.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.