Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Paulo Cunha quer distrito “com peso nacional” e promete um PSD “ao serviço da comunidade”
Maior parte dos pedidos de licenciamento à câmara já são feitos via online

Paulo Cunha quer distrito “com peso nacional” e promete um PSD “ao serviço da comunidade”

Frei Caetano Brandão regista a maior subida de alunos dos últimos cinco anos

Paulo Cunha quer distrito “com peso nacional” e promete um PSD “ao serviço da comunidade”

Nacional

2020-07-07 às 06h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

A Lista liderada por Paulo Cunha à Distrital do PSD de Braga foi apresentada, ontem, formalmente, ao lado de Ricardo Rio, que assume a Mesa da Assembleia e de José Manuel Fernandes, seu mandatário. O maior dos objectivos é ‘servir’ melhor a população.

É com os olhos postos na conquista de mais autarquias nas eleições de 2021 que Paulo Cunha se apresenta à liderança da Comissão Política Distrital de Braga do PSD, tendo como mandatário José Manuel Fernandes, que agora cessa funções, e Ricardo Rio, que subscreve a lista enquanto candidato à presidência da Mesa da Assembleia. O objectivo é só um: “colocar o PSD ao serviço da comunidade”, defendeu Paulo Cunha, que apresentou, ontem, no Hotel Mercure, a lista que lidera.

“O PSD quer servir as pessoas, quer servir as instituições, as empresas, as forças e dinâmicas de Braga; ajudar a colmar lacunas e ultrapassar dificuldades de cada um dos 14 concelhos e de todos os cidadãos que estudam, vivem e trabalham neste distrito”, apontou Paulo Cunha, confessando-se “privilegiado” por estar acompanhado na lista por nomes como José Manuel Fernandes e Ricardo Rio, destacando o trabalho que ambos realizaram em nome do partido.

À lista juntam-se, ainda, os nomes de Isabel Miranda (PSD Barcelos), que vai ficar responsável pela auditoria financeira, e César Teixeira (PSD Guimarães), que assumirá o Conselho Jurídico.
Assumindo as autárquicas de 2021 como o próximo desafio, Paulo Cunha quer chamar militantes e simpatizantes do partido dos 14 concelhos do distrito de Braga que queiram corporizar “as melhores propostas” para ir de encontro às necessidades das populações e melhorar a sua qualidade de vida. Mas quer também um “maior envolvimento” de todos na vida do partido, além dos actos eleitorais.

Paulo Cunha quer que o distrito de Braga tenha mais reconhecimento público e político porque se pauta pelo “sucesso” das suas empresas, associações e instituições, algo que é visível a nível nacional pela sua “capacidade exportadora e empregadora” e, por isso, promete reivindicar “o peso” que o distrito de Braga deve ter no país.
Ricardo Rio salienta que “é um orgulho” assumir a Assembleia e que Paulo Cunha “é um autarca e político extraordinário”.
José Manuel Fernandes, o presidente da distrital cessante, elogiou os dois autarcas minhotos e afirmou que o trabalho que ambos desenvolvem nas câmaras que lideram - Vila Nova de Famalicão e Braga - “é uma garantia” para a região

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho