Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Paulo Cunha: “Este é um momento alto da nossa felicidade colectiva”
Município de Ponte da Barca assegura refeições diárias

Paulo Cunha: “Este é um momento alto da nossa felicidade colectiva”

Guimarães cancela eventos desportivos

Paulo Cunha: “Este é um momento alto  da nossa felicidade colectiva”

Vale do Ave

2020-02-26 às 10h00

Paula Maia Paula Maia

Carnaval de Famalicão voltou a acolher milhares de foliões numa noite que foi memorável. Presidente da câmara diz que a iniciativa demonstra bem a arte de bem receber dos famalicenses e que esta é uma noite que ficará na memória colectiva.

Foi a noite mais longa do ano em Famalicão. Milhares de pessoas vindos não só do concelho, mas também de vários pontos dos país e do mundo, protagonizaram um noite memorável recheada de animação que fica na memória colectiva como uma das festas de Carnaval a nível nacional.
Quem participou nesta grande festa assegura que foi a edição mais participada de sempre, com milhares de pessoas nas ruas.
De forma espontânea, mascarados a preceito, os foliões criaram um ambiente único onde a diversão foi o elo comum.
A festa durou até ao raiar do dia e o o ambiente esteve fantástico. Famílias inteiras, grupos de amigos, equipas mais ou menos organizadas invadiram literalmente a cidade, criando um movimento contagiante de alegria e muita folia. Os bares e cafés abriram as suas portas e juntaram-se à festa com os seus dj’s a oferecer música aos foliões até ao nascer do dia.
“Este é um Carnaval divertido, muito bem frequentado, com milhares de famalicenses e outros tantos que nos visitam”, referiu o presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão que também se associou à noite de festa.
Muito satisfeito com a adesão dos foliões, o autarca considera que esta é uma noite por excelência para conhecer aquilo que são as “virtudes do bem receber famalicense”.
“Desejo que este seja um motivo para que os famalicenses, e todos quantos nos visitam, percebam que este é um concelho com qualidade de vida, onde se que vive com alegria, onde damos o máximo todos os dias para que todos sejam felizes”, prossegue Paulo Cunha, acrescentando que “este é um momento alto da nossa felicidade colectiva”.
O autarca não tem dúvidas de que esta é uma festa de Carnaval que “quem vem pela primeira vez volta sempre e que quem está cá recomenda que outros venham”.
Um dos momentos altos da noite foi o já tradicional Desfile de Mascarados que dá a oportunidade aos foliões de mostrar toda a sua criatividade aliada à animação.
O ‘Autocarro da Loucura’ foi o grande vencedor deste ano.
O segundo lugar foi atribuído ao ‘Grupo do Costume’ e o terceiro a ‘Carmen Miranda e Bailarinas’.
Uma das grandes novidades da Noite de Carnaval de Famalicão deste ano foi a aposta na sustentabilidade ambiental e na consciencialização da comunidade para a necessidade de redução do consumo de plástico descartável.
E para garantir que ninguém faltava à festa, a autarquia famalicense apostou também num plano de mobilidade com autocarros gratuitos a percorrer o concelho para transportar os foliões. No total estiveram disponíveis nove linhas que saíram das diversas freguesias. Este ano autarquia voltou a reforçar as saídas de Joane com dois autocarros e as de Riba De Ave com três autocarros. As restantes freguesias abrangidas foram Pedome, Bairro, Ribeirão, Fradelos, Gondifelos, St.ª Eulália e Portela

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho