Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Paulinho saltou do banco para garantir a divisão de pontos entre Vieira e São Paio d’Arcos
XVI Festa das Camélias atraiu milhares de pessoas em Celorico de Basto

Paulinho saltou do banco para garantir a divisão de pontos entre Vieira e São Paio d’Arcos

“Verdadeiro parque ecológico” traz nova dinâmica ao Picoto

Desporto

2019-02-18 às 06h00

Telmo Martins

Vieira e São Paio d’Arcos empataram a um golo. A equipa da casa foi a primeira a marcar mas o São Paio d’Arcos, mesmo em inferioridade numérica, conseguiu chegar ao empate através de Paulinho.

Divisão de pontos no Municipal de Vieira do Minho, depois de um empate, a um golo, entre o Vieira e o São Paio d’Arcos. A equipa da casa adiantou-se no marcador logo no início da partida mas a equipa bracarense reagiu bem e, num momento em que estava em inferioridade numérica, chegou ao empate já no segundo tempo.
Entrada forte da equipa do Vieira na partida que se adiantou no marcador em cima do minuto oito. Lançamento lateral junto à bandeirola de canto, Jó Vieirinha recebe e faz um cruzamento com conta peso e medida para Zé Pedro, nas alturas, cabecear para o fundo das redes.
A meio do primeiro tempo, contrariedade para o São Paio d’Arcos. Bruno Silva, melhor marcador da equipa, lesionou-se e acabou substituido por Flávio.

Pouco depois, nova contrariedade para a formação de Dinis Rodrigues. Na tentativa de disputar a bola, Marco Lima acaba por atingir com o pé no pescoço de Bruno Oliveira e recebe ordem de expulsão, deixando a equipa reduzida a dez ainda antes da meia hora de jogo.
Ainda assim, apesar da desvantagem numérica, o São Paio d’Arcos foi sempre a equipa com mais cabeça em campo e controlou sempre o ritmo de jogo. No entanto, as aproximações à baliza de Pedro Silva era escassas e a vantagem pela diferença mínima manteve-se até ao intervalo.

No segundo tempo entrou mais forte o Vieira. Nani teve, por duas vezes, a possibilidade de dilatar o marcador. Na primeira, o médio foi servido por Jó Vieirinha e ficou na cara de Alex. Na hora do remate não conseguiu melhor do que atirar ao lado. Pouco depois, lançado por Varanda, o médio vieirense volta a estar na cara do guardião adversário mas volta a desperdiçar.
Já diz o ditado que quem não marca sofre e foi isso mesmo que se verificou em Vieira do Minho, com o São Paio d’Arcos a chegar ao golo do empate pouco depois da hora de jogo. Paulinho, em campo há sete minutos, recebeu a bola de Álvaro e, à entrada da área, rematou forte e colocado, sem hipóteses de defesa para Pedro Silva que ficou pregado ao relvado.

Até ao final da partida, destaque ainda para a expulsão de Luca, capitão do Vieira, por palavras dirigidas ao juíz da partida.
O Vieira teve ainda uma última oportunidade para vencer a partida mas o poste impediu que o cabeceamento de Bruno Oliveira desempatasse a partida. Assim, as duas equipas conquistaram um ponto cada uma.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.