Correio do Minho

Braga,

- +
Patrício Araújo: “A minha esperança é de que a Covid-19 não mate nenhum clube ou associação”
Sector do Turismo sairá reforçado da pandemia

Patrício Araújo: “A minha esperança é de que a Covid-19 não mate nenhum clube ou associação”

Famalicão celebra Antoninas com muita música e exposições

Patrício Araújo: “A minha esperança é de que a Covid-19  não mate nenhum clube ou associação”

Desporto

2021-05-05 às 09h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Patrício Araújo, vereador do desporto da Câmara Municipal de Vila Verde, manifesta preocupação pelo contexto vivido, embora ressalve que o município tudo fará para ajudar à sobrevivência das associações desportivas do concelho.

No cumprimento do segundo mandato como vereador responsável pela pasta do Desporto no Município de Vila Verde, Patrício Araújo aproveitou, numa conversa com a Rádio Antena Minho e o Jornal Correio do Minho, para fazer um balanço dos últimos oito anos.
“Posso assegurar que diversificámos o número de modalidades praticadas (quando cheguei pouco mais havia do que futebol e canoagem). Agora temos hóquei em patins, temos patinagem. O tiro, que já era praticado, mas não numa vertente competitiva. Temos nesta modalidade um atleta já apurado para os Jogos Olímpicos de Tóquio, o João Paulo Azevedo. Temos tido bons resultados nas artes marciais, nomeadamente no Karaté e no Taekwondo. No voleibol, que é uma modalidade indoor, que não tínhamos e passamos a ter. Temos prosseguido os excelentes resultados na canoagem, que se destaca através do CN Prado, que é o maior estandarte desportivo do nosso concelho”, assinalou, reconhecendo que “as pessoas tendem a afunilar tudo no futebol, mas Vila Verde hoje em dia conta com um bom leque de modalidades”.
“Ao longo destes dois mandatos também conseguimos aumentar o número de praticantes federados e melhorámos os resultados desportivos e as próprias condições da prática desportiva”, sublinhou, destacando ainda o “bom trabalho desenvolvido em termos de infra-estruturas desportivas”.
“Inaugurámos duas piscinas de ar livre. Fizemos o arrelvamento de cinco campos de futebol (dois de onze, um na Ribeira do Neiva e outro em Pico de Regalados; três de futebol sete, em Prado, Vilarinho e Freiriz). Além disso, construímos também dois pavilhões gimnodesportivos para as modalidades indoor: um no norte e outro mais a sul do concelho, os quais vieram possibilitar a descentralização e estimular a prática desportiva noutras zonas que não apenas a vila de Prado e Vila Verde, o centro do conselho”, frisou Patrício Araújo, que mais recentemente deu conta das “obras feitas no campo de futebol dos cedros, em Lanhas”, bem como a “requalificação do campo de futebol de Turiz, o alargamento e a requalificação dos balneários do GD Prado e do Regadinhas” e ainda a colocação “de um novo sintéctico no campo de jogos do GD Prado”.
De um modo geral, “os objectivos traçados” que fazem parte da política desportiva elaborada para o concelho de Vila Verde foram concretizados.
“Diversificar as modalidades praticadas, aumentar o número de praticantes federados e melhorar os resultados desportivos. Temos agora também assistido à prática informal de actividade desportiva, como é o caso do movimento 'Vila Verde a correr', algo que consideramos também muito importante”, notou.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho