Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Parlamento Europeu apoia iniciativa do comércio local
Município de Arcos de Valdevez promove reunião do Conselho Local de Ação Social

Parlamento Europeu apoia iniciativa do comércio local

CDU insiste na remunicipalização da Agere

Parlamento Europeu apoia iniciativa do comércio local

Cávado

2023-02-04 às 14h14

Redacção Redacção

Iniciativa teve participação da ACIB

Citação

O plenário do Parlamento Europeu apoiou esta na semana passada, por ampla maioria, a proposta promovida pela Federação Europeia do Comercio “ Vitrines d'Europe”, de criar uma Capital Europeia do Comércio Local. A proposta foi apresentada em conjunto com os colegas da Barcelona Comercio.

A ACIB é Vice-Presidente nas Vitrines d´Europe e integrou a equipa de trabalho que consolidou a proposta final.

Com o apoio desta iniciativa de cidadania, o Parlamento Europeu procura revitalizar e modernizar os modelos de negócio no comércio a retalho, pois recorda que 99% das empresas europeias são PME que empregam perto de cem milhões de pessoas. E muito particularmente procura apoiar as empresas do comércio local.

Desta forma, o Parlamento Europeu pede à Comissão Europeia que elabore uma proposta de Capital Europeia do Comércio de Proximidade (Comércio Local) que tenha como objetivo destacar o “papel fundamental” desempenhado pelo comércio local a retalho na coesão social e na promoção e proteção da diversidade das cidades, vilas e regiões europeias.

Além disso, insta o Executivo comunitário a apresentar um programa específico que garanta rubricas orçamentais que contribuam diretamente para ajudar e colmatar os desafios e problemas do comércio local, como a concorrência desleal, o comércio eletrônico e as pressões decorrentes do aumento do custo da energia e da inflação.

Para João Albuquerque, Presidente da ACIB e Vice – Presidente das Vitrines d’Europe, “este é um momento histórico para o Comercio Local pois pela primeira vez o Parlamento Europeu pronuncia-se favoravelmente por este tipo de Comercio e reconhece a sua importância estratégica.

Refere igualmente “que esta aprovação pelo Parlamento Europeu vem confirmar a defesa rigorosa e profissional que a ACIB faz do Comércio Local, bem como todo o seu trabalho nas instâncias europeias e na cooperação com outras congéneres”.

O Presidente da ACIB espera que este reconhecimento por parte do Parlamento Europeu sirva de orientação para decisões locais e nacionais em favor do Comércio Local. Apoiar o Comércio Local é afinal construir uma melhor Europa económica e social.
 
Se o Executivo Comunitário apoiar a sua criação, esta será a primeira capital europeia nascida da sociedade civil.

Esta proposta contribuirá a assegurar a sobrevivência do modelo de cidade europeia com bairros revitalizados, capazes de preservar a nossa forma de viver e evitar a desertificação comercial que ameaça a nossa identidade de cidades da Europa e fomentar a coesão social.

O Parlamento Europeu instou a Comissão a apoiar e ajudar ativamente o ecossistema do pequeno comércio, aligeirando as cargas administrativas e potenciando a promoção do Comércio local com o objetivo de reforçar a dimensão urbana da política de coesão.

Igualmente instou os Estados Membros a promover incentivos fiscais para os pequenos comerciantes.

A Euro câmara propõe que a Capital Europeia do Comercio de Proximidade ( local) seja escolhida anualmente por um conselho constituído por associações empresariais locais, empresários e outros interessados.

A cidade  escolhida sediará conferências e outros eventos sobre questões comerciais atuais, como digitalização e questões ambientais.

A ACIB enquanto integrante deste projeto e iniciativa pugnará pela sua realização em Portugal.

O objetivo final é promover o comércio a retalho local e contribuir para a consciência coletiva  da sua importância económica e social uma vez que, segundo os eurodeputados, a falta de comércio local pode contribuir para a degradação social, económica e física dos centros e bairros das cidades, bem como o despovoamento nas áreas rurais.

A Capital Europeia do Comércio Local pode ser também uma oportunidade para os comerciantes locais se fazerem ouvir nas instituições europeias e defender os interesses do setor face às plataformas digitais de venda que ameaçam a sustentabilidade económica do setor.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho