Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Parceiros da Sanches unem esforços em prol dos alunos
Internacionalização de Vizela como destino turístico em cima da mesa

Parceiros da Sanches unem esforços em prol dos alunos

Música, Teatro, Cinema e Dança no Theatro Gil Vicente

Parceiros da Sanches unem esforços em prol dos alunos

As Nossas Escolas

2022-11-25 às 06h00

Libânia Pereira Libânia Pereira

O Agrupamento Dr. Francisco Sanches reuniu ontem os seus diversos parceiros num espaço de partilha em busca de novas dinâmicas de apoio.

Citação

O Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches promoveu, na tarde de ontem, o primeiro encontro ‘Rede em Acção: Parceiros da Sanches’. O director do Agrupamento, Arlindo Antunes de Sousa, realçou que o que se pretende é “estabelecer dinâmicas que ultrapassem o formal burocrático”, de modo a encontrar soluções para as diferentes problemáticas do agrupamento.
Promovido Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família (GAAF), este encontro juntou representantes da Câmara Municipal de Braga, da Saúde Escolar, Junta de Freguesia de S. Victor, Junta de Freguesia de S. Vicente, Associação Juvenil da Bogalha, Cruz Vermelha Portuguesa delegação de Braga, Cáritas Arquidiocesana de Braga, CAFAP Associação Famílias, Projecto Homem, Casa do Professor e Comissão de Protecção de Crianças e Jovens.

“Esta rede inclui várias ligações institucionais, mas que muitas vezes não passam do formal burocrático. Aqui o que se pretende é estabelecer dinâmicas que ultrapassem o formal burocrático. Vamos pôr estes diferentes parceiros a falar uns com os outros”, afirmou Arlindo Antunes de Sousa, acrescentado que “diversas questões levantam-se neste momento e necessitam de maior atenção. A escola tem de mobilizar estas parcerias para encontrar soluções. Uma escola tem de dar resposta em termos de ensino-aprendizagem, mas tem de dar também uma resposta social”, vincou.

A actual situação de crise que se vive em Portugal e no mundo criou a necessidade urgente de repensar medidas/estratégias para as diferentes problemáticas, acelerando assim a realização deste encontro.
Cristina Canelas, psicóloga do Agrupamento e membro do GAAF, referiu que esta iniciativa pretende ser “um espaço de partilhas, de reflexão em equipa, para que conjuntamente com os parceiros sejam criadas novas dinâmicas de apoio”.
“Como promover o bem-estar físico e social? Como diminuir a violência na escola? Como apoiar as crianças e famílias em situações de emergência (a nível de habitação, saúde, educação)?”, estes foram alguns dos temas que estiveram em cima da mesa.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho