Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Pablo: “Não podemos tirar o objectivo de vencer títulos da cabeça”
Esposende: Ronda de Vila Chã já tem sede própria

Pablo: “Não podemos tirar o objectivo de vencer títulos da cabeça”

Município investe 1,5 milhões na remodelação da rede viária

Desporto

2018-07-18 às 06h00

Joana Russo Belo

SC Braga prossegue trabalhos de preparação, no estágio que decorre no Algarve, em Portimão. O reforço Pablo foi, ontem, o porta voz da ambição guerreira. Central não esconde o desejo de títulos e garante que vai lutar pela titularidade em Braga.

Ao quinto dia de trabalhos no estágio de pré-época, voltou a ser um dos reforços a dar voz à ambição dos Guerreiros do Minho. Pablo foi um dos últimos a juntar-se ao grupo, mas nem por isso o discurso se altera. Pelo contrário, está em consonância com os colegas de equipa.
“Não podemos tirar o objectivo de vencer títulos da cabeça, mas lá chegaremos fazendo o nosso melhor, procurando sempre vencer”, frisou o brasileiro, que chegou do Marítimo e confessa estar já entrosado no grupo nesta fase de preparação.

“Está a correr bem, estou a fazer os primeiros treinos com a equipa, já alguns jogos também. Tenho procurado fazer o meu melhor e ajudar, mas no princípio é sempre difícil. É uma adaptação, estou a perceber pequenas coisas como a forma como este e aquele jogador gostam de receber a bola, estou a adaptar-me à forma de trabalhar e a tentar encaixar-me da melhor forma possível às ideias do mister”, explicou, em declarações antes do treino matinal de ontem, em Portimão.
Tal como João Novais na véspera, Pablo garante que vai lutar pela titularidade.

“Cheguei para trabalhar e para lançar uma dúvida na cabeça do mister. Vou dar o melhor, respeitando todos para procurar ali uma vaga”, referiu, destacando a concorrência.
“O Raúl e o Bruno são dois jogadores que dispensam apresentações, assim como o Rosic e o Lucas. Tenho aprendido muito com eles, têm-me dado conselhos e fazem com que cada dia seja uma lição para mim”, revelou Pablo, o novo camisola 14 dos Guerreiros.
Hoje haverá novo teste, com o Bétis, encontro que “vai ajudar” o grupo, “contra uma equipa muito competitiva”, que, segundo Pablo, “nos vai obrigar a trabalhar mais nos planos ofensivos e defensivos e na organização”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.