Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Pé quente de Ricardo Horta fulcral na melhor série da época dos Guerreiros do Minho
Bombeiros de Fafe recebem três viaturas nova sem dia de aniversário

Pé quente de Ricardo Horta fulcral na melhor série da época dos Guerreiros do Minho

Vila Verde melhora rede elétrica

Desporto

2018-03-07 às 06h00

Joana Russo Belo

SC Braga segue embalado na preparação do jogo com o Moreirense com o registo da melhor série da época: 13 golos marcados e zero sofridos nos últimos quatro jogos. Uma das peças-chave da estratégia é Ricardo Horta. Extremo marcou nos últimos três.

É a melhor série da época dos Guerreiros do Minho. E há alguns nomes determinantes em destaque quando se analisam aos últimos quatro jogos do SC Braga, em que encontramos o registo incrível de 13 golos marcados e zero sofridos. Um deles é o de Ricardo Horta.
O extremo atravessa um excelente momento de forma e tem sido uma das peças-chave da estratégia de Abel Ferreira nos últimos encontros, curiosamente, naquele que é o melhor ciclo com a baliza incólume e as duas mais expressivas goleadas da história, em Guimarães [0-5] e no Estoril [0-6].

Titular nos últimos quatro encontros - Vitória SC, Marselha (Liga Europa), Tondela e Estoril Praia - Ricardo Horta está mais certeiro do que nunca e mostrou pé quente em três consecutivos. Apontou o golo que ainda deu esperança à eliminatória europeia, frente aos franceses, aos 31 minutos, - encontro que acabou por ditar a despedida da competição europeia - voltou a festejar no jogo seguinte o golo decisivo que deu a vitória na recepção ao Tondela, aos 83 minutos, em jogo da 24.ª jornada da I Liga, e bisou na partida com os canarinhos, no passado sábado, na goleada que marcou a 26.ª ronda do campeonato. Para além dos dois golos certeiros, Horta fez duas assistências - a primeira para o golo de Wilson Eduardo, que abriu o marcador, e a segunda, já na etapa complementar, para o golo de Paulinho -, que fizeram do extremo a figura do jogo e um dos homens do momento na equipa de Abel Ferreira.
Ricardo Horta soma oito golos e está a um dos nove apontados na época passada. Igualou ainda a sérir de três jogos consecutivos a marcar do central Raúl Silva (V. Setúbal, FC Porto e Aves).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.