Correio do Minho

Braga,

- +
“O muito que já fizemos é sinal do muito que podemos fazer”
Município abre horizontes na partilha entre alunos da Universidade do Minho e comunidade

“O muito que já fizemos é sinal do muito que podemos fazer”

Alexandre Mendes deixa direcção executiva da Startup Braga

“O muito que já fizemos é sinal  do muito que podemos fazer”

Vale do Ave

2019-12-02 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

II Gala da Educação de Famalicão distinguiu, ontem, professores e alunos com o Galardão da Educação. Na cerimónia, foram atribuídos 242 galardões e homenageados professores aposentados.

A existência e a repetição da Gala da Educação de Famalicão, que se realizou ontem na Casa das Artes, são “sinais inequívocos que a educação no concelho está madura”, assegurou o presidente da Câmara Municipal de Famalicão. Mas apesar do “reconhecimento” do percurso do concelho, Paulo Cunha foi peremptório: “isso deixa-nos mais ambiciosos, porque o muito que já fizemos é sinal do muito que podemos continuar a fazer”.
A II Gala da Educação homenageou os estabelecimentos de ensino da rede pública, privada, particular e cooperativa, e seus agentes educativos (professores e alunos) pelas distinções alcançadas, pelas participações em diferentes projectos e concursos de âmbito regional, nacional ou internacional. Na cerimónia foram ainda distinguidos dezenas de professores e centenas de alunos com o Galardão da Educação, atribuídos 242 galardões divididos em várias categorias e homenageados professores aposentados e quatro docentes que se jubilaram.

“Mais de 200 projectos foram reconhecidos e este é um renovar do sinal de excelência dos projectos educativos de Famalicão o que nos deixa obviamente muito satisfeitos”, assumiu o autarca, felicitando todos aqueles que “na escola e fora da escola criam condições para que o mérito aconteça”.
Paulo Cunha confidenciou ainda “a ambição e o desafio para que novos projectos sigam os mesmos passos para num futuro outros possam pisar este palco”.
O secretário de Estado Adjunto e da Educação, João Costa, que por motivos de doença não marcou presença na II Gala da Educação, enviou uma mensagem em vídeo, felicitando o concelho, que “vai mais longe, porque aposta na educação”. João Costa destacou ainda “os bons exemplos de trabalho integrado e de inovação”, mostrando-se grato àqueles que “fazem a escola todos os dias”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.