Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
“O futuro faz-se na cidade de Braga”
Bombeiros Cabeceirenses festejaram 75 anos com distinto programa

“O futuro faz-se na cidade de Braga”

Combinando realidade e ficção, o som e a luz e os corpos de "Take" fazem história no CCVF a 27 de abril

“O futuro faz-se na cidade de Braga”

Braga

2023-02-03 às 06h00

Libânia Pereira Libânia Pereira

Único em Portugal, o crio microscópio electrónico de última geração foi inaugurado ontem no INL. O equipamento é fundamental para a investigação de diversas doenças e atrairá a Braga investigadores de alto calibre.

Citação

O Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL) inaugurou, na tarde de ontem, o novo microscópio criogénico electrónico. O equipamento de última geração é único em Portugal, e será fundamental para a investigação de doenças oncológicas, na doença de Alzheimer e de Parkinson, assim como no desenvolvimento de novas terapias e novos medicamentos. Mais uma vez o INL e a cidade de Braga encontram-se na vanguarda da ciência e tecnologia.
A aquisição deste equipamento enquadra-se na Rede Nacional de Microscopia Avançada para as Ciências da Saúde e da Vida - CryoEM-PT, uma infra-estrutura de investigação que envolve investigadores, instituições científicas e empresas a nível nacional. Esta rede tem um nó central no INL, e onde a máquina está acomodada.

Paulo Ferreira, coordenador científico de microscopia electrónica, o crio microscópio electrónico é “uma máquina que permite desenvolver terapias para o cancro, doenças neurodegenerativas, infecciosas e outras”. Desta forma, e por ser única em Portugal, terá a capacidade de “atrair investigadores de alto calibre, e ao mesmo tempo vai permitir que seja dado apoio as empresas do sector, e gostávamos que startups se instalassem em Braga para poderem aceder a esta máquina mais facilmente”, afirmou.
O director-geral interino do INL, Paulo Freitas, defendeu que este equipamento é “algo que faltava em Portugal. Estamos perante uma infra-estrutura e que não existia em Portugal, e que vem trazer uma importante dinamização para a área”.

Com este equipamento de última geração o INL vai receber investigadores e amostras vindas de todo o país, e segundo Paulo Freitas, está também em vista “o desenvolvimento de uma actividade de ponta na área da criomicroscopia dentro do INL”.
O crio microscópio electrónico resultou de um investimento de cerca de 2,5 milhões de euros, financiado pela CCDR-Norte (85%) ao abrigo do programa NORTE 2020 e 15% a cargo do INL.

Presente na cerimónia de inauguração esteve em representação da Câmara Municipal de Braga, a vereadora Olga Pereira, a qual salientou “o orgulho” do município por Braga acolher este equipamento e ser sede desta rede. “Estamos perante um equi- pamento que representa uma avanço na ciência muito significativo, sobretudo neste cluster da saúde que é desenvolvido aqui no INL. Braga orgulha-se de acompanhar este desenvolvimento científico, por poder ser em Braga que ele tem o seu ponto de partida, e por ser cá estruturada esta rede de trabalho e investigação. O futuro faz-se em Braga, parte de Braga, e faz-se com Braga”, defendeu Olga Pereira. “Braga deixou de ser uma cidade de província para estar ao nível das maiores cidades não só portuguesas, mas da Europa”, acrescentou a vereadora.

Presente esteve também o presidente da CCDR-N, António Cunha, para quem o dia de ontem veio celebrar “um equipamento que se encontra na linha da frente nesta área, e que em muito beneficia a comunidade científica. Estamos também a celebrar uma grande parceria, uma rede nacional que envolve várias instituições, que está centrada aqui no INL. Esta é uma rede criada em torno deste equipamento e que garante uma grande utilização do mesmo. Com este crio microscópio electrónico a comunidade de investigadores terá interacções ainda mais frequentes, o que é muito importante para a ciência e tecnologia”, argumentou António Cunha.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho