Correio do Minho

Braga,

Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso já recebeu 10 mil visitantes este ano
Um dia histórico na cooperação transfronteiriça

Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso já recebeu 10 mil visitantes este ano

Novas tecnologias chegaram à EB1 de Tenões

Cávado

2017-09-13 às 07h54

Lurdes Marques

O Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso recebeu o visitante número 10 mil relativo ao ano de 2017. Como forma de assinalar este feito, além da entrada gratuita no espaço expositivo, o vereador da Cultura e Turismo da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, André Rodrigues, ofereceu um livro ilustrado sobre o Castelo de Lanhoso e material promocional da Rede de Monumentos e Sítios da Póvoa de Lanhoso.

O Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso recebeu o visitante número 10 mil relativo ao ano de 2017. Como forma de assinalar este feito, além da entrada gratuita no espaço expositivo, o vereador da Cultura e Turismo da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, André Rodrigues, ofereceu um livro ilustrado sobre o Castelo de Lanhoso e material promocional da Rede de Monumentos e Sítios da Póvoa de Lanhoso.

Só nos meses de Junho, Julho e Agosto registaram-se 5280 visitantes àquele espaço. Para além dos visitantes portugueses, aquele este núcleo recebeu espanhóis, franceses, norte americanos, brasileiros, australianos, filipinos, japoneses, russos, chineses, alemães, ingleses, irlandeses, tailandeses, indianos, polacos, israelitas, moçambicanos e angolanos.

Este aumento do número de visitas resulta, por um lado, de uma constante e melhorada aposta nos Serviços Educativos e, por outro lado, da promoção cultural daquele monumento, ex- libris do concelho, incutindo-lhe novas dinâmicas, como exposições, palestras e outras iniciativas, como por exemplo, a Caminhada com História, que tem tido naquele local ponto de paragem obrigatória.

Neste momento, para além da exposição ‘Teresa, mãe de Portugal’, da autoria de Dinis Ribeiro, está patente naquele espaço a mostra que reúne as fotografias participantes no concurso ‘(Des) focar a História’, que teve como principal objectivo a descoberta, sensibilização, consciencialização e divulgação do Castelo de Lanhoso, enquanto símbolo identitário do concelho povoense.

De lembrar que o Castelo de Lanhoso (núcleo museológico) pode ser visitado de Junho a Setembro, de terça a domingo, das 10 às 12.30 horas e das 14 às 18 horas e de Outubro a Maio, de quarta a domingo, das 10 às 12.30 horas e das 14.30 às 17.30 horas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.