Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Novo ‘site’ transmite mais transparência e aproxima município da população de Caminha
Famalicão: Núcleo de Teatro Amador de Vermoim estreia peça de Almeida Garrett

Novo ‘site’ transmite mais transparência e aproxima município da população de Caminha

Dumiense: Na luta por lugares cimeiros

Alto Minho

2018-07-17 às 06h00

Miguel Viana

Página da ‘Internet’ da Câmara Municipal de Caminha permite acesso a vários serviços autárquicos bem como a divulgação de eventos e da actividade do executivo municipal. Reuniões da Assembleia Municipal podem ser, também, vistas no ‘site’.

Aproximar a população da actividade municipal e dar mais transparência às funções autárquicas, são os principais objectivos do novo ‘site’ (sítio da ‘Internet) da Câmara Municipal de Caminha, que ontem foi apresentado publicamente.
A página da ‘Internet’ disponibiliza diversa informação, desde eventos culturais a documentos emitidos pelo município, passando pela gravação das reuniões da Assembleia Municipal.
Tudo em nome de uma estratégia de aproximação ao munícipe.

“Este ‘site’ era uma peça que faltava na estratégia de comunicação da câmara, mas também de abertura e participação cívica que temos levado a cabo nestes últimos anos. Este novo ‘site’ permite ter uma relação completamente diferente, entre o município de Caminha, os particulares, as empresas, os munícipes. É possível ter acesso fácil, de forma transparente a muita informação da câmara municipal”, revelou Miguel Alves, presidente da Câmara Municipal de Caminha.
O autarca lembrou que a edilidade tem vindo a apostar muito na comunicação e divulgação do território. “Ao longo dos últimos quatro anos triplicamos o número de gostos na rede social do ‘Facebook’ e este site vem complementar este trabalho”, acrescentou Miguel Alves.

Miguel Alves deu alguns exemplos do que pode ser feito através do novo ‘site’. “As pessoas vão poder identificar um buraco na estrada, um cano roto, um jardim que não está em condições.”
Outra das vantagens da nova página municipal da internet’ é o facto de estar preparada para ser usada por munícipes portadores de deficiência, ou por cidadãos estrangeiros. “Vamos poder chegar junto das pessoas com dificuldades auditivas, das pessoas que não vêem tão bem. Vamos chegar a pessoas de vários países, porque desde o inglês ao francês, passando pelo alemão, pelo holandês ou pelo japonês, este ‘site’ vai estar apto a poder chegar junto dessas pessoas”, afirmou Miguel Alves.

O autarca caminhense deu a conhecer todo o trabalho prévio da construção da nova página da ‘internet’, revelando que “ a câmara esteve, ao longo de meses, a digitalizar processos de anos do Urbanismo, a fazer a escolha e tentar perceber os regulamentos que estão em vigor, os artigos que foram alterados”.
O vereador Guilherme Lagido referiu também que o ‘site’ transmite “a preocupação de uma enorme transparência, de divulgar ao máximo as novas ferramentas. A ideia é que o ‘site’ seja o mais amigável possível de todos os utilizadores”, considerou Guilherme Lagido.
Viver, Visitar, Investir e Participar, são as principais áreas da página da ‘Internet’. O investimento foi de cerca de 25 mil euros, sendo que 85 por cento da verba foi financiada pelo programa ‘Portugal 2020’.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.