Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Novo posto da GNR de Lordelo construído em 2023 por 1,4 milhões de euros
Pastelaria Bom Jesus serve tradição no centro histórico

Novo posto da GNR de Lordelo construído em 2023 por 1,4 milhões de euros

gnration celebra 10 anos com programa de luxo

Novo posto da GNR de Lordelo construído em 2023 por 1,4 milhões de euros

Vale do Ave

2022-11-29 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Contrato Interadministrativo foi assinado ontem entre a Câmara Municipal de Guimarães, a Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna e a Guarda Nacional Repúblicana, na presença do ministro da Administração Interna.

Citação

O novo posto da GNR de Lordelo vai ser construido em 2023. A convicção é do presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, e do ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, que ontem assinaram o contrato interadministrativo para a construlão do equipamento.
O novo posto da GNR de Lordelo tem um custo estimado de 1,4 milhões de euros.
O autarca vimaranense acredita que a obras pode avançar já no início do próximo ano. “O processo está já numa fase muito próxima de iniciar a obras, porque neste momento temos o concurso já lançado e já está na fase de adjudicação. Já temos a empresa para fazer a obra, só faltava a assinatura deste contrato. Se tudo correr bem, teremos a obra no terreno no primeiro trimestre do próximo ano” frisou Domingos Bragança.
O autarca vimaranenses referiu ainda que “as forças de segurança têm de ter as condições de conforto necessárias ao seu bom fumcionamento. Para estarem fortemente motivados, os militares da GNR têm de ter boas condições.”
O ministro da Administração Interna reconheceu que o contrato ontem assinado significa o “reforço da cooperação entre o Estado, os municípios e as forças de segurança” e destacou que “daqui a um ano conto estar aqui para inaugurar o novo posto da GNR de Lordelo.
José Luís Carneiro salientou também que o protocolo espelha a valorização dos recursos humanos das forças de segurança por parte do Governo.
“Este posto territorial da GNR será mais um exemplo de um investimento na valorização das condições de vida nos recursos humanos da GNR. Esta política de investimento constitui talvez a primeira prioridade, na hierarquia de prioridades. do Ministério da Administração Interna”.
José Luís Carneiro lembrou que a Lei de Programação, em vigor desde 2017, já permitiu, no distrito de Braga e relativamente à GNR, “construir de raiz o Posto Territorial de Vila Verde e reabilitar o Destacamento Territorial de Guimarães – São Torcato”.
Acrescentou ainda estar em fase de conclusão “o projec to de execução do Posto Territorial de Caldas das Taipas”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho