Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Novo líder do PSD Barcelos quer conquistar a Câmara
Preparação do novo ano exigiu “motivação e muita imaginação”

Novo líder do PSD Barcelos quer conquistar a Câmara

Centro tecnológico contribui para o desenvolvimento do Alto Minho

Novo líder do PSD Barcelos quer conquistar a Câmara

Cávado

2020-08-10 às 10h14

Redacção Redacção

A conquista da Câmara Municipal de Barcelos e um maior número de freguesias com maioria social democrata são objectivos do novo presidente da comissão concelhia do PSD, Bruno Torres, que tomou posse no passado sábado.

A conquista da Câmara Municipal de Barcelos e um maior número de freguesias com maioria social democrata são objectivos do novo presidente da comissão concelhia do PSD, Bruno Torres, que tomou posse no passado sábado.
“Os barcelenses poderão contar com um projecto ambicioso para a próxima década que trará desenvolvimento ao concelho e nos recoloque na liderança do crescimento económico e social da região“, assegurou o novo líder do PSD barcelense numa cerimónia que contou com as presenças do vice-presidente do partido, André Coelho Lima, do presidente da ‘distrital’, Paulo Cunha, do eurodeputado, José Manuel Fernandes e do deputado Carlos Reis.
Sobre as últimas eleições internas em que venceu a lista liderada por Otília Castro, candidata apoiada pelo ex-líder do PSD local, José Novais, considerou que as mesmas foram “um marco a nível nacional, nas quais votaram cerca de dois mil militantes, o que é extraordinário, mesmo vivendo num contexto de pandemia”.

Com as eleições autárquicas de 2021 no horizonte, Bruno Torres garantiu a apresentação de um projecto vencedor, com o objectivo de “conquistar para o PSD a Câmara Municipal de Barcelos e o máximo de juntas de freguesias”.
Para atingir esses objectivos, prometeu “muito trabalho no terreno“, enveredando por uma política de proximidade, com novos protagonistas no terreno, novas metodologias de trabalho e novas tecnologias na forma de comunicar.
“Vamos desenvolver esta estratégia através do contacto com a sociedade civil barcelense, com visitas às empresas, instituições de saúde, escolas, clubes e associações, concluindo com um diagnóstico das necessidades do concelho, apresentando as soluções concretas para cada problema”, precisou.
Na cerimónia de tomada de posse da nova comissão política de Barcelos, o eurodeputado José Manuel Fernandes defendeu que o concelho “precisa de um poder político que puxe por esta região”.

Já Paulo Cunha, presidente da ‘distrital’ social democrata e presidente da Câmara Municipal de Famalicão, disse que o PSD não tem nada que o envergonhe no seu passado, pelo trabalho digno que trouxe ganhos à região, sendo que “o que estará em causa nas próximas eleições são as propostas apresentadas pelos partidos e não o percurso do actual presidente”.
Acrescentou que “é importante recolocar Barcelos nos radares nacionais pelas boas práticas dos seus habitantes e não por aspectos negativos”.
André Coelho Lima, por seu lado, lembrou a importância de ter Bruno Torres como líder do PSD, já que “ser autarca de uma freguesia é o primeiro patamar da humildade, pois sabe a importância que tem resolver os problemas para cada habitante”.
Bruno Torres é actualmente presidente da Junta de Freguesia de Galegos Santa Maria.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho