Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Novo bispo apresentado no Dia de S. Geraldo
Símbolos das Jornadas Mundiais da Juventude chegam a Barcelos

Novo bispo apresentado no Dia de S. Geraldo

Famalicão garante autocarros gratuitos para a noite de Carnaval

Novo bispo apresentado no Dia de S. Geraldo

Braga

2022-12-03 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

D. Delfim Gomes, o novo bispo auxiliar, é apresentado na missa solene do Dia de S. Geraldo. A ordenação episcopal é amanhã, em Bragança.

Citação

A celebração do Dia de S. Geraldo, padroeiro da cidade de Braga, na próxima segunda-feira, ficará pela apresentação de D. Delfim Gomes, o novo Bispo Titular de Dume e Auxiliar da Arquidiocese de Braga.
As comemorações do Dia de São Geraldo iniciam pelas 8.30 horas, com a abertura da capela que lhe é dedicada, decorada com as mais variadas e coloridas frutas, como é tradição.
Pelas 11 horas, os alunos da Escola EB 1 da Sé entram em cena, na Catedral, com a representação teatral ‘S. Geraldo e o Milagre da Fruta’.
Para as 17.30 horas está marcada a missa solene em honra de S. Geraldo, cerimónia em que decorrerá a apresentação à Arquidiocese de D. Delfim Gomes. Presidida pelo arcebispo primaz, D. José Cordeiro, a eucaristia contará com presença do Cabido da Sé de Braga e do executivo municipal de Braga.
No final da missa, pelas 18.30 horas, realiza-se a tradicional visita das entidades à Capela de S. Geraldo.
É amanhã que D. Delfim Gomes é ordenado bispo, na sua terra natal, Bragança. Em declarações à Agência Ecclesia a propósito da sua ordenação como bispo, D. Delfim Gomes assume a preocupação de “contacto” com as pessoas e serviço às comunidades. “O que procurei fazer, na minha vida, foi dar-me: dar-me às comunidades, aos serviços diocesanos que nos pediam colaboração e ajuda, nos quais tinha assumido responsabilidades”, disse
A ordenação episcopal vai ser presidida por D. José Cordeiro, arcebispo de Braga, na Catedral de Bragança, pelas 15 horas, numa celebração com a presença de cardeais arcebispos e bispos de Portugal e Espanha.
D. Delfim, de 60 anos, pertencia ao clero Diocese de Bragança-Miranda, onde colaborou com D. José Cordeiro, reencontrando agora o seu antigo bispo, em Braga. “Fomos seminaristas, fizemos todo o percurso um com o outro e isso ajuda imenso, porque há uma proximidade muito grande”, declara.
?D. Delfim Gomes escolheu como lema episcopal ‘É dando que se recebe’, da Oração da Paz atribuída a S. Francisco de Assis. “São Francisco marcou-me profundamente, desde jovem, quando senti o convite e fui acompanhado nesse sentido [do sacerdócio]”, confessou.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho