Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
No Natal de Guimarães há uma magia que se vê e que se sente
Tormena: “Conseguimos dar o nosso melhor”

No Natal de Guimarães há uma magia que se vê e que se sente

Ponte de Lima aprova Requalificação do Centro Cívico de Vilar das Almas

No Natal de Guimarães há uma magia que se vê e que se sente

Vale do Ave

2020-12-03 às 06h00

Teresa M. Costa Teresa M. Costa

Em Guimarães Cidade Natal há iluminações e concertos, mas há também “árvores solidárias” e produtos do comércio local à distância de um clique na plataforma ‘Proximcity’, tudo “por uma magia que se vê e que se sente”.

A pandemia obrigou a ajustar, mas não apaga a magia do Natal em Guimarães que, este ano, reforça ainda mais a marca social e de inclusão de uma cidade que preserva o foco cultural.
O programa ‘Guimarães cidade Natal’ foi ontem apresentado sob o mote ‘Aqui há uma magia que se vê e que se sente’ e com a garantia de “a magia é para todos” O presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, e a vice-presidente, que tem a tutela da Cultura e da Educação, Adelina Pinto, estiveram na apresentação do programa que envolve os vários pelouros municipais e muitos parceiros locais.

Domingos Bragança explicou que “é um programa que pretende ser inclusivo e ter as marcas identitárias de Guimarães”, a começar pela marca cultural, mas também a marca social, e neste tempo de pandemia, a marca económica.
A marca social está em “pintar o Natal de alguém” uma iniciativa que consiste em colocar, em diferentes pontos da cidade, seis árvores solidárias onde podem ser depositados alimentos, roupa, livros e brinquedos que vão ser entregues a seis instituições de apoio social do concelho.

Mas este não é o único apoio social que o Município de Guimarães reservou para este Natal. Ontem, o presidente da Câmara anunciou que “a Câmara disponibilizará os meios financeiros necessários” para compor cabazes para famílias do concelho que estejam a passar dificuldades, agravadas pela pandemia.
A sinalização das famílias compete às comissões sociais inter-freguesias.
Outra medida passa pelo quiosque ‘proximcity’ e é direccionada para o comércio local.

O município disponibiliza esta plataforma para quem quiser fazer, online, as suas compras de Natal, e vai atribuir vouchers, num montante global de 40 mil euros, para serem gastos através do quiosque, e outro tanto para as entregas das compras ali realizadas.
O Município emprega assim mais do dobro da verba investida na festa de passagem de ano do ano passado.

Outra medida que combina a dinamização do comércio local com a sustentabilidade ambiental é a atribuição de um bilhete, de acordo com o valor das compras efectuada, que habilita a um sorteio, no Dia de Reis, em que o Município vai oferecer dez bicicletas eléctricas.
São bicicletas adequadas para cinco faixas etárias.
“O objectivo é que estes prémios conduzam às boas práticas” afirma o edil vimaranense.
A vice-presidente da Câmara realça a importância de devolver o espírito de Natal aos vimaranenses. “Com actividades diferentes vamos tentar chegar aos mesmo resultado que é viver intensamente o Natal” reforça Adelina Pinto.

Seis artistas pintam ‘O Natal de alguém’ mas todos podem ser solidários

Para ‘pintar o Natal de alguém - árvores solidárias’ foram convidados seis artistas plásticos vimaranenses: André Pinto; Pepe Garcia; Maria Terra; Délia Carvalho, Rita Pinheiro e Vasco Carneiro.
As árvores solidárias com caixas para a recolha de alimentos, roupa, livros e brinquedos serão colocadas no Largo da Misericórdia; Largo Cónego José Maria Gomes, Largo Navarros de Andrade; Largo Condessa Mumadona, Avenida de Londres e Avenida D. João IV.
Os bens revertem para as instituições Refood; Fraterna; Centro Juvenil de S. José; Associação de Apoio à Criança; Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais e Lar de Santa Estefânia.

Utentes e colaboradores de instituições cantam música de Natal original

Utentes e colaboradores de instituições sociais do concelho de Guimarães vão cantar uma música de Natal original que será divulgada no decorrer de Dezembro.
Esta música irá acompanhar os depoimentos e mensagens de Natal que o Município de Guimarães vai divulgar, ao longo de vários dias, através da sua página oficial de Facebook, numa iniciativa designada “Natal para ti” que integra o programa “Guimarães cidade Natal” que ontem foi dado a conhecer com o mote “Aqui há uma magia que se vê e que se sente”.

“As paragens onde o tempo habita”

O programa ‘Guimarães cidade Natal’, que decorre entre 4 de Dezembro e 2 de Janeiro de 2021, integra as comemorações do 19.º aniversário da inclusão do centro histórico na lista do Património Mundial da UNESCO.
Neste âmbito, de 13 de Dezembro a 31 de Março, repete-se a intervenção urbana ‘As paragens onde o tempo habita’. Ao todo, 17 abrigos de autocarro da cidade vão ganhar outra cor pela mão de estudantes da Escola de Arquitectura da Universidade do Minho sob o tema ‘Bairro C’.

Trio eléctrico leva música aos lares ‘Natal à janela’ é uma iniciativa

que irá ao encontro dos que se encontram em estruturas de acolhimento residencial no concelho
de Guimarães.Um trio eléctrico - composto pelos artistas Zé Amaro, 4Man, José Malhoa e Marco Génio - irá deslocar-se às instituições para proporcionar momentos musicais.
Esta iniciativa envolve o Município de Guimarães, a Associação para o Desenvolvimento das Comunidades Locais, o Destacamento Territorial da GNR de Guimarães e o Centro Social da Irmandade de S. Torcato.

Moda divulga Guimarães Marca

Para 12 de Dezembro, está agendado o ‘Fashion Film Festival’ que será emitido em streaming, incluindo um desfile de jovens criadores
e um desfile & showcase no âmbito do projecto Guimarães Marca.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho