Correio do Minho

Braga,

- +
“Natal é magia e faz-se em espaços públicos”
Domingos Bragança destaca partilha das infraestruturas desportivas entre clubes de Guimarães

“Natal é magia e faz-se em espaços públicos”

UMinho vence “Jogo das Estrelas” 2020

“Natal é magia e faz-se em espaços públicos”

Alto Minho

2019-12-04 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Animação natalícia dos Arcos de Valdevez teve início no passado dia 1 e prolonga-se até ao dia 7 de Janeiro do próximo ano. Mercados e aldeia de Natal, workshops de doçaria da época, concertos, uma corrida e caminhada compõem a programação.

Animação variada durante mais de um mês é a proposta da Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez e da Associação Comercial de Industrial dos Arcos de Valdevez e Ponte da Barca (ACIAB). As actividades tiveram início no passado domingo (dia 1) e prolonga-se até ao dia 7 de Janeiro de 2020. O objectivo, apontou o presidente da Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, é contribuir para a dinamização social, cultural e económica do concelho. “As pessoas podem vir para ver o espaço público e para ver as iluminações, mas também as árvores de Natal do movimento associativo. Temos vários mercados, que são oportunidades de contactar com os produtos locais. Há uma grande panóplia de actividades culturais. Queremos dizer às pessoas que venham aos Arcos de Valdevez e façam parte desta festa e desta magia”, afirmou João Manuel Esteves.

Uma das principais actividades é a distribuição gratuita, por parte da autarquia arcuense, de árvores de Natal naturais. “As árvores resultam do processo de monda (limpeza de terrenos, para facilitar o crescimento de plantas ou árvores), feita em áreas de reflorestação. Essas plantas, em vez de se deitarem fora, são reutilizadas pelas pessoas”, considerou o autarca arcuense, acrescentando que essa acção “todos os anos tem tido adesão”.
Outro ponto de grande interesse é a realização, no dia 22, do Natal Run Solidário. Cada participante na corrida ou caminhada é convidado a entregar um bem alimentar, de higiene pessoal ou vestuário, que depois será entregue à Cáritas Diocesana dos Arcos de Valdevez, que se encarrega de os fazer chegar a famílias carenciadas do concelho.

“Será um circuito à volta da vila e a inscrição é cada um trazer de casa produtos alimentares ou que sejam úteis para as pessoas. Queremos incentivar ainda mais a participação solidária”, frisou o edil arcuense.
O vice-presidente executivo da ACIAB, Francisco Araújo, destacou a vertente comercial da programação, principalmente o sorteio da Campanha de?Natal. “Durante este mês tentamos interagir com os comerciantes e pedimos que eles participem e tentamos que as empresas possam oferecer prémios aos clientes.

Este ano temos 30 empresas patrocinadoras que vão oferecer cheques-prenda, que variam entre os 75 e os 2.500 euros. O valor total de prémios ronda os 7.500 euros.
Fazendo compras no nosso comércio, acabamos todos por ganhar”, indicou Francisco Araújo.
No próximo fim-de-semana realiza-se a Feira dos Doces e do Chocolate, onde vão estar em destaque os ‘Charutos dos Arcos’ (uma das 7 Maravilhas Doces de Portugal), os tradicionais rebuçados e uma feira de produtos agrícolas. Os festejos estão orçados em cerca de 60 mil euros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.