Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Municípios advertem emigrantes a cumprirem quarentena obrigatória
Câmara de Famalicão distribui máscaras, viseiras e luvas pelos lares

Municípios advertem emigrantes a cumprirem quarentena obrigatória

Câmara de Vila Verde oferece kits de protecção a lares e centros de saúde

Municípios advertem emigrantes a cumprirem quarentena obrigatória

Nacional

2020-03-22 às 10h14

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

Do Baixo ao Alto Minho todos os municípios minhotos estão preocupados com o cumprimento da quarentena profilática de 14 dias, a que os emigrantes que agora estão de regresso estão obrigados pelas autoridades lusas e não se cansam de alertar.

Os vários municípios minhotos, do Baixo ao Alto Minho, não têm parado de enviar alertas por todas as vias para a comunidade emigrante que está a regressar a casa, no sentido de que fiquem em casa em quarenta profilática.
De Montalegre, a Vieira do Minho, de Vila Verde à Póvoa de Lanhoso, de Celorico de Basto a Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez... todos os municípios minhotos estão em alerta máximo e não páram de fazer chegar mensagens e por vários meios de comunicação à comunidade emigrante que está a regressar ‘em massa’ à sua terra-Natal, depois de muitos terem visto as empresas e fábricas a aplicar medidas extremas nas suas linhas de produção por via de terem parado por completo.

Por cá, são muitos os populares que mostram apreensão neste regresso dos emigrantes, com receio de um possível contágio e com medo de que, ao chegarem a Portugal, não cumpram a necessária quarentena profilática.
Recorde-se que no âmbito da Emergência de Saúde Pública relacionada com a pandemia de Covid-19, a Autoridade Regional de Saúde do Norte determinou “quarentena obrigatória” para todos os cidadãos que regressem do estrangeiro à Região Norte, para a contenção do risco de contágio do coronavírus.
Ontem, também a Associação Internacional dos Lusodescendentes lançou um apelo aos descendentes de portugueses que evitem ao máximo deslocar-se a Portugal para evitar a disseminação da Covid-19.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho