Correio do Minho

Braga, terça-feira

Município de Ponte de Lima quer classificação natural do território da Mesa dos Quatro Abades
TUB estão a renovar informação dos principais abrigos da cidade

Município de Ponte de Lima quer classificação natural do território da Mesa dos Quatro Abades

Tribunal da Relação de Guimarães condena juiz por crime de violência doméstica

Alto Minho

2018-06-18 às 06h00

José Paulo Silva

Tradição da Mesa dos Quatro Abades cumpriu-se ontem. Autarcas locais apresentaram reivindicações à Câmara Municipal e vêm o turismo natureza como futuro de uma zona em perda de população.

O Município de Ponte de Lima está a preparar a candidatura do território das freguesias que integram a Associação Mesa dos Quatro Abades a património natural nacional. O propósito foi avançado, ontem, pelo presidente da Câmara Municipal, Vítor Mendes, em mais um encontro da Mesa dos Quatro Abades, forum que reúne os autarcas das freguesias de Calheiros, Cepões, Bárrio e Vilar do Monte.
A valorização daquele território de montanha do concelho limiano para o turismo natureza é apoiada pelos autarcas locais como estratégia para contrariar a quebra demográfica, atraindo residentes com novas actividades económicas.

Manuel Rodrigues, presidente da União de Freguesias de Labrujó, Rendufe e Vilar do Monte, entende que a perda e envelhecimento populacional que afectam esta última localidade podem ser contrariados por uma nova economia associada ao turismo e à prática de desportos de montanha.
Os seus colegas de Calheiros e Bárrio e Cepães, José Correia e Pedro Lima, respectivamente, concordam que a beleza dos socalcos do Vale Lastral pode atrair novos fluxos de turistas, desde que se invista também na recuperação da rede viária, uma das reivindicações apresentadas ontem ao edil de Ponte de Lima na Mesa dos Quatro Abades.

O presidente da Câmara Municipal avançou com a intenção de investir na criação de trilhos pedestres e de BTT numa zona com potencialidades para atrair novos visitantes.
Com este encontro do terceiro domingo de Junho, os presidentes daquelas juntas de freguesia, que agora são três por força da agregação administrativa das freguesias de Bárrio e Cepões, dão actualidade a uma tradição secular em que os representantes de cada paróquia se sentavam numa mesa de pedra apoiada no marco divisório das localidades para debater e resolver os mais diversos assuntos, consultando os paroquianos que se encontravam ao seu redor.

Aumento da rede de saneamento básico, investimentos em equipamentos sociais de apoio a idosos e a própria requalificação do parque da Mesa dos Quatro Abades foram algumas das reinvindicações apresentadas ontem pelos autarcas de Calheiros, Bárrio,?Cepões e Vilar do Monte ao presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima.
Carências ao nível da iluminação pública foram igualmente apontadas na Mesa dos Quatro Abades.
O edil de Ponte de Lima adiantou que, no que respeita ao alargamento da rede de saneamento básico, as quatro freguesias beneficiarão com a aprovação de uma candidatura que aponta para um investimento de 7, 5 milhões de euros em todo o concelho.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.