Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Município de Braga quer agentes locais e regionais na execução do PRR
Viana do Castelo: Desfile da Mordomia conta hoje com mais de 700 mordomas

Município de Braga quer agentes locais e regionais na execução do PRR

Dez empreendedores sociais assinam contratos de incubação

Município de Braga quer agentes           locais e regionais na execução do PRR

Economia

2022-07-21 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Eurodeputados reuniram com o Município de Braga e Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte. Ouviram críticas à monitorização e execução da ‘bazuca’ europeia

Citação

A Câmara Municipal de Braga defendeu, anteontem, num jantar de trabalho com os membros das comissões dos Orçamentos e dos Assuntos Económicos e Monetários do Parlamento Europeu e presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvi-mento Regional do Norte, António Cunha, o envolvimento dos agentes regionais e locais na execução e monitorização do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).
Presente no encontro, a vereadora Olga Pereira afirmou que “as cidades e as suas organizações têm um papel cada vez mais crucial na resolução de problemas da sociedade e o envolvimento das autoridades locais e regionais nos planos de recuperação e resiliência é funda- mental para dar um novo impulso à Agenda 2030 e atingir os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável”.
A vereadora lamentou a falta de envolvimento dos agentes locais no desenho do PRR, prejudicando-se dessa forma a coesão e estratégia de desenvolvimento territorial.
“Verificou-se uma visão excessivamente centralista e faltam estímulos à competitividade e capacitação do tecido empresarial, juntando-se a isso o esquecimento das áreas da Cultura e Desporto enquanto motores de desenvolvimento”, alegou Olga Pereira, considerando que a inflação e o aumento de custos da energia e matérias-primas pode-se revelar um risco na execução do PRR.
“Esses são motivos que devem possibilitar um reajustamento e recalendarização dos planos nacionais, o que será um oportunidade para uma afectação mais equilibrada e harmoniosa dos fundos disponíveis”, sugeriu a autarca bracarense no encontro com que decorreu no Hotel Elevador, no Bom Jesus, com os eurodeputados que visitaram a cidade.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho