Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Município de Barcelos aprova apoios sociais e culturais
Queimas e Queimadas proibidas de 1 de Julho a 30 de Setembro

Município de Barcelos aprova apoios sociais e culturais

Feira do Livro de Braga arranca sexta-feira em formato digital

Município de Barcelos aprova apoios sociais e culturais

Desporto

2020-06-02 às 10h14

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Executivo do Município de Barcelos aprovou na última reunião, uma série de apoios para as instituições sociais e culturais do concelho.

Vários acordos de colaboração com ranchos e grupos folclóricos do concelho, que regulamentam os termos e condições da parceria entre a autarquia e as associações folclóricas, foram aprovados na última reunião do executivo da Câmara Municipal de Barcelos.

O comunicado enviado pelo Município de Barcelos informa que foram aprovados cinco acordos de colaboração com grupos inscritos na Federação do Folclore Português e que incluem uma comparticipação financeira do Município de Barcelos no valor total de 10 mil euros; 15 acordos de colaboração com grupos folclóricos não federados e que incluem uma comparticipação financeira municipal no valor total de 22.500 mil euros.
De destacar ainda que o executivo aprovou a atribuição de um subsídio no valor de 50 mil euros à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, destinado a comparticipar nas despesas de melhoria das infra-estruturas daquela associação.

O contrato programa de desenvolvimento desportivo com a Associação Desportiva de Carvalhal, tendo em vista a recuperação do relvado do campo de jogos e que inclui uma comparticipação financeira do Município de Barcelos no valor de 22 mil euros; a atribuição de um subsídio no valor de 10 mil euros ao Teatro Popular de Carapeços, como comparticipação na aquisição de uma carrinha, e a atribuição de um subsídio no valor de 10 mil euros à Casa do Povo de Alvito, como comparticipação na aquisição de uma carrinha foram outros subsídios aprovados.

Mas em cima da mesa estiveram ainda a aprovação de um subsídio no valor de dois mil euros à Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB1/JI de Remelhe, como comparticipação nas despesas de remodelação do espaço da Componente de Apoio à Família e a atribuição de um subsídio no valor de 831 euros ao Agrupamento de Escolas Vale D’Este, como comparticipação nas despesas de transporte de alunos.
Na mesma reunião, e relativo aos apoios financeiros no âmbito das medidas sociais decorrentes da Covid-19, foram atribuídas e ratificadas comparticipações financeiras no valor global de 39.072,20 euros, destinado a instituições particulares de solidariedade social e Bombeiros Voluntários de Barcelinhos.

Foi deliberado, ainda na última reunião do executivo, autorizar a alocação da verba remanescente do Programa de Apoio à Redução Tarifária, no valor de 172.744 mil euros, para o estabelecimento de serviços mínimos de transportes colectivos de passageiros, que permite assegurar o transporte de alunos do 11.º e 12.º anos de escolaridade.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho