Correio do Minho

Braga, sábado

Município investe 400 mil euros na conservação de escolas de Vizela
Estudantes do IPVC apelam à prevenção do cancro da mama

Município investe 400 mil euros na conservação de escolas de Vizela

Braga vai criar Laboratório de Inovação Urbana

Vale do Ave

2018-09-22 às 06h00

Miguel Viana

Fundo de Emergência Escolar pretende suprir as carências do parque escolar do concelho de Vizela. O presidente da Câmara inaugurou ontem as obras de remodelação da Escola Básica de Infias.

A Câmara Municipal de Vizela criou um Fundo de Emergência Escolar para a remodelação das instalações do escolares do concelho. Ao todo vão ser investidos aproximadamente 400 mil euros.
O anúncio foi feito por Vítor Hugo Salgado, presidente da Câmara Municipal de Vizela, na inauguração das obras de remodelação da Escola Básica de Infias.
“Não havia a preocupação de investir nas escolas. Criamos o Fundo de Emergência para resolver o problema desta escola e de outras freguesias, para acabar com a existência de alunos de primeira e de segunda”, afirmou Vítor Hugo Salgado.

No caso concreto da Escola Básica de Infias, foi substituido o telhado, foram pintadas as paredes e reparadas as janelas, os armários, as louças das casas de banho e o soalho. Foi ainda feita a substituição do piso e reparados os móveis e portas do edifício do pré-escolar. A cantina também foi intervencionada, procedendo-se também à abertura de janelas no pavilhão. O recreio também foi remodelado.

O autarca aproveitou a ocasião para anunciar também a intervenção camarária noutras escolas do concelho. “De seguida faremos intervenção em S. Paio, e depois em Santa Eulália”, afirmou Vítor Hugo Salgado.
Antes da inauguração da escola, o autarca vizelense visitou alguns espaços da freguesia de Infias, onde também vão ser feitas intervenções camarárias.
“Esta é uma das freguesias que vai ter um enorme investimento. Vamos colocar (pisos) sintéticos. Estamos a falar, também, de duas intervenções do ponto de vista dos PARU (Planos de Acção de Regeneração Urbana), que terão a comparticipação da administração central e do programa 2020, e obras que serão executadas pela câmara, como é a criação de um parque de estacionamento, junto à Igreja”

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.