Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Moreirense levanta voo com triunfo sobre Aves
Escola de Rock inspira projecto de investigação europeia no ensino

Moreirense levanta voo com triunfo sobre Aves

Fafe já tem escolas com salas de aula do futuro

Moreirense levanta voo com triunfo sobre Aves

Desporto

2019-12-01 às 06h00

Rui Serapicos Rui Serapicos

Visitantes estiveram a vencer aos 5 minutos e desde os 13 minutos com dez elementos, ainda chegaram na etapa complementar ao empate, mas Steven Vitória desfez a igualdade.

O Moreirense recebeu e venceu ontem o Desportivo das Aves, por 3-2, em jogo a contar para a jornada 12 da I Liga e subiu ao 10.º lugar.
Na estreia de Nuno Manta no comando técnico, o Aves, que jogou desde os 13 minutos, por expulsão de Falcão, com menos um, adiantou-se no marcador aos 5 minutos por por Mehmeric e chegou ao 2-2 Mohammadi, de penálti, mas acabou por somar na Liga a décima derrota seguida, mantendo-se no 18.º e último lugar, com três pontos.
Aos 5 minutos na conversão de um livre Meheremic saltou mais do que toda a defesa do clube da casa e cabeceou para o 0-1.

Mas aos 13 minutos, no círculo central, o camisola 29 do Aves Falcão pisou numa disputa de bola o pé a Pacheco e o árbitro, junto ao lance, foi de imediato ao cartão vermelho.
Em vantagem numérica mas em desvantagem no marcador, a turma de Moreira de Cónegos procurou chegar ao empate, em jogadas do atacante emprestado pelo SC Braga, Luther Sing, à passagem dos 17 e dos 18 minutos, mas sem êxito.
Mas ao minuto 28 - no seguimento de um livre a punir uma falta sobre o irrequieto Luther Sing, Fábio Abreu, saltou mais alto e cabeceou certeiro, sem dar hipótese de defesa (1-1).

Já em tempo de desconto para o intervalo, Luther Sing fez uma incursão pela direita, passou um adversário e cruzou ao segundo poste, onde Fábio Jr. faz o 2-1.
O Aves chegou ao empate por Mohammadi, de grande penalidade a castigar falta na área sobre Ruben Oliveira (2-2).
Mas aos 72 minutos o clube da casa selou o triunfo com um golo de Steven Vitória (3-2).
A derrota é castigadora para o esforço do Aves, em inferioridade, mas o resultado premeia a persistência do Moreirense.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.