Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Moradores protestam contra “genocídio” no Parque das Goladas
Uma tarde para todos experimentarmos “Os Vestidos do Tiago” no CCVF

Moradores protestam contra “genocídio” no Parque das Goladas

"Valorizamos esta prova"

Moradores protestam contra “genocídio” no Parque das Goladas

Braga

2022-10-02 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Protestos de moradores da urbanização das Goladas voltaram a ouvir-se na Assembleia Municipal de Braga. Contestação às obras de ampliação do pavilhão desportivo passou também por imagens.

Citação

O abate de mais de uma dezena de árvores na urbanização da Quinta das Goladas, justificada pela Câmara Municipal pelas obras de requalificação do pavilhão desportivo ali existente, motivou protestos de moradores na sessão de anteontem da Assembleia Municipal.
A associação de moradores fez questão de exibir um vídeo, que intitulou ‘O genocídio do Parque das Goladas’, no qual regista o abate de árvores no local e os constrangimentos à circulação e parqueamento automóvel, decorrentes das obras, mas que, na opinião dos residentes se irão manter o futuro.
Imagens do antes e depois do designado “atentado ambiental” foram apresentadas no plenário municipal.

Antes do pequeno documentário de cinco minutos, Ricardo Leite Dias Antunes subiu à tribuna da Assembleia Municipal para, de viva voz, protestar contra o abate de árvores nas Goladas, acusando a Câmara Municipal de Braga de “prepotência” ao não ouvir os moradores, insatisfeitos com as obras no pavilhão desportivo.
Aquele morador anunciou que o “negro” aparecerá em janelas dos prédios da urbanização em sinal de protesto contra as obras que continuam a ser contestadas judicialmente, mesmo após o indeferimento de uma providência cautelar apresentada por um grupo de residentes.

Os moradores na urbanização das Goladas contestam a expansão do pavilhão, na qual a Cânara Municipal está a investir cerca de 1,6 milhões de euros, de- fendendo que o equipamento desportivo deveria ter sido integrado na Escola Artística Calouste Gulbenkian.
Para lá da crítica à opção camarária, o porta voz dos moradores das Goladas questionou se os restantes partidos que aprovaram o projecto de expansão do pavilhão “nada têm a dizer”.
Anteontem, na Assembleia Municipal de Braga, os moradores voltaram a alertar para “a incapacidade de socorro no local” com o aumento da área de implantação do pavilhão das Goladas.

Deixa o teu comentário

Tudo bons rapazes
Desporto

Tudo bons rapazes

03 Dezembro 2022

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho