Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Moradores formam associação para melhorar habitabilidade
“Ciência no Feminino” no Centro Ciência Viva dos Arcos

Moradores formam associação para melhorar habitabilidade

“Politiquices à Séria” promove debate entre e para os jovens sobre as Eleições Legislativas de 10 de março

Moradores formam associação para melhorar habitabilidade

Casos do Dia

2023-10-22 às 13h00

Miguel Viana Miguel Viana

Retirada de um parque infantil da Rua Dr. Humberto Soeiro mobilizou moradores para reunião com a U.F. de S. Lázaro e S. João do Souto e decidiram pela criação da associação de moradores.

Citação

Os moradores da Rua Dr. Humberto Soeiro, em S. Lázaro, vão constituir uma associação com a finalidade de melhorar as condições de habitabilidade da zona. O assunto foi um dos temas da reunião que na sexta-feira juntou cerca de 40 pessoas na Escola Secundária Alberto Sampaio.
“Os moradores decidiram constituir uma associação de moradores para acompanhar a União de Freguesias em contactos com várias entidades para resolver situações que afectam quem mora na zona. O objectivo é acompanhar a União de Freguesias no contacto com essas instituições. Enquanto não surge a associação, alguns moradores voluntariaram-se para acompanhar o processo”, explicou ao ‘Correio do Minho’ Miguel Pires, presidente da União de Freguesias de S. Lázaro e S. João do Souto.
Entre as entidades a contactar estão a PSP, a AGERE e a Câmara Municipal de Braga. “Os moradores expuseram assuntos que são da responsabilidade dessas mesmas entidades”, acrescentou Miguel Pires.
Um dos assuntos abordados na reunião foi a retirada de um parque infantil da zona por parte da Câmara Municipal de Braga.
A falta de segurança é outra das preocupações de quem mora na Rua Dr. Humberto Soeiro.
No local foram encontradas, há tempos, seringas e no Verão foram furtadas duas viaturas. Situações que, segundo Miguel Pires, já não têm acontecido. “Não temos tido reporte de situações dessas ultimamente”, disse o autarca.
O presidente da União de Freguesias de S. Lázaro e S. João do Souto, garante que se trataram de situações pontuais e espera que a criação da associação de moradores possa contribuir para a resolução de problemas de segurança que possam surgir. “Nós, união de freguesias, fomos impulsionadores da criação da associação de moradores. Esperamos que a associação nos possa ajudar na questão da segurança, na questão do lixo e da limpeza do local, e até mesmo na sensibilização dos jovens que frequentam o espaço”, indicou Miguel Pires. Numa mensagem passada na reunião de sexta-feira, o representante da PSP manifestou a disponibilidade para colaborar com os moradores e com a União de Freguesias na resolução dos problemas de segurança da zona.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade
Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho