Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Moradores contestam vedação da Rua Manuel Ferreira Araújo
SC Braga: primeiras rondas com dia e hora definidos

Moradores contestam vedação da Rua Manuel Ferreira Araújo

Estádio Municipal Manuela Machado recebe 466 atletas de 88 clubes para Campeonato Nacional de Sub-20

Moradores contestam vedação da Rua Manuel Ferreira Araújo

Casos do Dia

2024-06-20 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Via foi fechada pelos proprietários de um terreno que a consideram propriedade privada. Os residentes alegam que o acesso sempre foi público. União de Freguesias apela ao consenso.

Citação

Cerca de duas dezenas de moradores da Rua Manuel Ferreira de Araújo, em Lomar, manifestaram-se ontem contra o encerramento de parte da rua por parte do proprietários de um terreno.
Os moradores alegam que o acesso é público e que a vedação impede o acesso a um portão de emergência do jardim de infância existente na zona.
“Eu moro aqui há 24 anos e isto foi sempre via pública. Em Outubro meteram uns pedregulhos aqui. Voltaram a vir cá esta semana e já fecharam o acesso à porta de emergência da escola e o acesso às garagens dos moradores. Agora querem vedar a entrada do prédio”, indicou Lúcia Barbosa, uma das moradoras da rua.
Os moradores lamentam ainda não terem sido avisados previamente da vedação da via.
Um dos dois proprietários, que não se quis identificar, assegurou que “este terreno é nosso”. Estamos a vedar o que é nosso e temos a escritura que o com- prova”, acrescentou.
O acesso foi vedado com rede e fitas vermelhas e brancas. Foram também colocadas placas com a indicação de “Propriedade Privada. Proibido passar”.
O presidente da União de Freguesias de Lomar e Arcos, Eduardo Fernandes, compareceu ontem no local e apelou ao entendimento entre moradores e proprietários. “Em Setembro de 2023 os proprietários colocaram pedras para ninguém passar. A minha obrigação enquanto autarca foi tentar desbloquear essa situação. Encetei negociações para os proprietários reunirem com o vereador João Rodrigues. Consegui essa reunião e a Câmara ficou de resolver a situação com os proprietários. Até agora não houve resposta. Apelo ao bom senso e ao diálogo entre a Câmara e os proprietários”, disse Eduardo Fernandes.
O autarca de Lomar e Arcos afirmou ainda que o espaço tem vindo a ser limpo pela União de Freguesias. “Para mim, este espaço sempre foi público, porque era a junta que tratava destes espaços antes de Setembro do ano passado”, referiu Eduardo Fernandes. A vedação da via implica que a rua de acesso às garagens, que tinha sentido.
Os moradores chamaram a Polícia Municipal e a PSP, que registaram a ocorrência.
O Correio do Minho tentou obter esclarecimentos do vereador João Rodrigues, mas não obteve resposta até ao fecho da edição.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho