Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Moisés Martins convida leitor a “pensar’ sobre o nosso país
Cursos técnicos: IPCA pede colaboração das empresas para contratar docentes

Moisés Martins convida leitor a “pensar’ sobre o nosso país

Merelinense FC Um grande bracarense

Moisés Martins convida leitor a “pensar’ sobre o nosso país

Braga

2022-07-17 às 06h00

Fábio Moreira Fábio Moreira

Nova obra de Moisés de Lemos Martins, “Pensar Portugal - A Modernidade de um País Antigo”, foi ontem apresentada no Largo de São João do Souto, no âmbito da Feira do Livro de Braga.

Citação

O penúltimo dia desta edição da Feira do Livro de Braga contou, ontem, com uma apresentação de uma obra de um dos mais aclamados autores científicos, ligado à cidade dos Arcebispos. Moisés de Lemos Martins é o autor de “Pensar Portugal - A Modernidade de um País Antigo”. A apresentação desta obra contou com a presença do autor da mesma e ainda, Carlos Fiolhais, José Manuel Mendes e Eloy Rodrigues.
‘Pensar Portugal – A Modernidade de um país antigo’, apresenta e discute Portugal e a sua modernidade entre indefinições e bloqueios, o quotidiano das suas gentes, a sua língua e religião, as vicissitudes da democracia nos séculos XX e XXI, o passado e a memória coloniais, os imaginários europeu e lusófono e, ainda, a universidade e a política científica.
José Manuel Mendes, presidente da Associação Portuguesa de Escritores, começou por dizer estar muito satisfeito por poder marcar presença na apresentação desta obra de Moisés Martins. O presidente da Associação Portuguesa de Escritores confessou que o novo livro do do docente da UMinho enriquece o “forte contributo” que Moisés Martins tem vindo a dar “para a compreensão do nosso país”. José Manuel Mendes frisou ainda que esta obra está repleta de importantes e valiosas reflexões sobre o contexto de Portugal na Europa e sobre cidadania.
“É necessário pensar o nosso país. Vivemos um tempo convulso. Moisés Martins, autor de uma vastíssima obra científica de qualidade, tem dado um forte contributo para a compreensão do nosso país e esta obra, “Pensar Portugal - A Modernidade de um País Antigo”, é mais um valioso contributo deste autor. Trata-se de um livro erético e anti-canônico, que se encontra recheado de reflexões de alta qualidade sobre a cidadania portuguesa e sobre o papel que Portugal tem no contexto europeu”, afirmou o presidente da Associação Portuguesa de Escritores.
‘Pensar Portugal – A Modernidade de um País Antigo’ “é um livro de pequenos ensaios de ciências sociais e humanas, que apresentam e discutem assuntos e problemas relativos a Portugal. São ensaios que constituem estudos de caso, embora tenham a forma de crónicas. É um exercício de compreensão do mundo contemporâneo, tendo as ciências sociais e humanas como enquadramento teórico”, explicou Moisés de Lemos Martins, autor da obra “Pensar Portugal - A Modernidade de um País Antigo”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho