Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Minho com 57 novos casos infectados
Artur Jorge: “Luta intensa para tentar recuperar o terceiro lugar”

Minho com 57 novos casos infectados

Perto de 230 mil euros para requalifcar rede viária

Minho com 57 novos casos infectados

Nacional

2020-05-20 às 06h00

Rui Miguel Graça Rui Miguel Graça

Voltou a subir o número de novos doentes na região. Braga, com 19, e Vila Verde, com 14, foram os piores casos do Minho nas últimas 24 horas.

Os números no Minho voltaram a crescer, no que diz respeito aos casos de novos infectados, sendo que os concelhos de Braga e Vila Verde foram os que mais contribuiram para esse crescimento. Em Braga surgiram 19 novos casos, ao passo que em Vila Verde foram 14. Ainda no que diz respeito ao Minho, os restantes concelhos com aumento foram Guimarães (6), Famalicão (2), Vizela (6), Fafe (4), Arcos de Valdevez (1), Melgaço (3) e Terras de Bouro (2), totalizando 57 novos casos de doentes por Covid-19.

No país surgiram 223 novos casos, foi registado um recuperado e 16 óbitos. Internados estão 629 pessoas, das quais 101 em Unidade de Cuidados Intensivos. Dos 16 óbitos, nove ocorreram no Norte, quatro no Centro e três na zona de Lisboa e Vale do Tejo.
Dos 223 casos, 76 dizem respeito ao Norte, com incidência especial para os 57 do Minho. Dois no Alentejo, 16 no Centro e 129 em Lisboa e Vale do Tejo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho