Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Mecenas renovam ‘confiança’ no projecto cultural Theatro Circo
Câmara Municipal apoia certificação dos bordados de S. Miguel da Carreira

Mecenas renovam ‘confiança’ no projecto cultural Theatro Circo

Santa Cruz Café é o espaço de eleição para muitos bracarenses e turistas

Braga

2019-01-10 às 11h11

Isabel Vilhena

A renovação de mecenato representa um sinal de confiança no projecto Theatro Circo. As empresas DST, Navarra e Primavera BSS rubricaram ontem protocolos de mecenato no valor de 30 mil euros anuais durante um período de três

O Theatro Circo e as empresas DST, Navarra e Primavera rubricaram ontem protocolos de mecenato no valor de 30 mil euros anuais durante um período de três anos.
“Um momento importante para a actividade cultural do Theatro Circo” salientado pela administradora executiva Cláudia Leite. “É um apoio muito significativo que nos dá a possibilidade de programar de uma forma mais tranquila e trazer aqui nomes e projectos que de outra forma seria difícil”, afirmou Cláudia Leite.
Do lado dos mecenas, José Teixeira, da DST, afirmou que o mecenato tem retorno para as empresas. “Fazemos isto por interesse económico, não estamos aqui a fazer um acto de caridade. A cultura é importante para a competitividade das empresas e uma forma de retribuirmos à cidade aquilo que ela nos dá”, vincou.
Para Idalina Sousa, da Primavera BSS, “o projecto cultural do Theatro Circo tem vindo a ser acarinhado pela empresa, desde logo, porque nos revemos na programação e nos valores da instituição.”
Por seu turno, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, que é por inerência o presidente do conselho de administração do Theatro Circo, sublinhou a importância do mecenato na organização do Theatro Circo. “Somos uma sala com condicionalismos, desde logo a limitação do número de espectadores (perto de 900) e não podemos exacerbar os preços. Vivemos com esta equação de difícil resolução que tem no mecenato alguma resposta”, apontou o autarca.
Para Ricardo Rio estas três empresas bracarenses “são o testemunho vivo da vantagem para as empresas em se associarem ao Theatro Circo e a renovação do apoio mecenático é a certeza de que a centenária casa de espectáculos bracarense está no caminho certo, pois continuam a depositar confiança neste projecto cultural que é já uma referência na região e no país.”
Para o futuro, Ricardo Rio pretende que o Theatro Circo continue a “apostar na diferenciação e qualificação da programação” e, para isso, deixa o apelo para que “mais empresas possam seguir o exemplo e se tornem mecenas.”

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.