Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Maurizio Padovan apresenta em Ponte da Barca Concerto-conferência O Violino de Auschwitz
Guimarães Rua António da Costa Guimarães reabre hoje ao ao trânsito

Maurizio Padovan apresenta em Ponte da Barca Concerto-conferência O Violino de Auschwitz

Famalicão: Têxteis técnicos valem 111 milhões de exportações

Alto Minho

2018-02-14 às 06h00

Redacção

Maurizio Padovan é músico, professor e um dos mais qualificados e notáveis historiadores de dança do panorama internacional.

Vai ter lugar na próxima sexta-feira, dia 16 de fevereiro, às 21h30, na Casa da Cultura de Ponte da Barca, a apresentação da conferência-concerto O Violino de Auschwitz, por Maurizio Padovan.??O espetáculo relata de forma musicada toda a violência sofrida pelos Judeus nos campos de concentração, nomeadamente Auschwitz, na Polónia, onde a música poderia ser um elemento libertador ou um elemento de tortura. A entrada é gratuita.??

Maurizio Padovan é músico, professor e um dos mais qualificados e notáveis historiadores de dança do panorama internacional. Foi docente na Faculdade de Musicologia da Universidade de Cremona-Pavia (Itália). Participou em numerosos convénios internacionais e deu cursos de dança renascentista e seminários de música e dança em escolas e instituições didácticas (Itália, França, Portugal).

Desde 1989 está com regularidade em Portugal, a convite da Escola Superior de Dança de Lisboa, da Universidade do Minho, da Associação Portuguesa de Educação Musical, do Clube Unesco de Educação Artística de Lisboa, da Casa da Música de Porto, de vários Centros de Formação de Professores, do Clube Unesco de Educação Artística de Lisboa, de Câmaras Municipais e Casas das Artes para leccionar cursos de especialização e formação, para dar concertos e para a realização de espectáculos de música e de dança.

Violinista especializado em instrumentos antigos, é director do ensemble Accademia Viscontea e do ensemble Vioulinàires; gravou discos, deu cursos musicais, stages e centenas de concertos em Itália e no estrangeiro (Espanha, França, Bélgica, Suíça, Áustria, Alemanha, Hungria, Singapura). Colabora com o Departamento de Instrução da Província de Milão no projecto Mùsica na didáctica. Para os estudantes da Escola Secundária publicou os volumes Voci, ritmi e strumenti del Medioevo, Musica e società del Rinascimento e Il Barocco: musica e società. É autor dos mais importantes estudos e publicações editoriais e discográficas sobre o violino occitano em Itália. ??Colaborou com José Sasportes (ex ministro da cultura) na revista La danza italiana e no livro Storia della danza Italiana (2011). É autor das publicações A dança no ensino obrigatório (2000) e Dançar na Escola (2010, 2016) editadas pela Fundação Calouste Gulbenkian e de numerosas publicações relativas à história da dança, história da música e etnomusicologia.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.