Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Matheus aguentou algarvios e Sporar carimbou a vitória
Propostas do Orçamento Participativo de Barcelos em votação de 15 de abril a 5 de maio

Matheus aguentou algarvios e Sporar carimbou a vitória

Luís Machado à espera de “local digno” para expor espólio

Matheus aguentou algarvios e Sporar carimbou a vitória

Desporto

2021-04-06 às 06h00

Miguel Machado Miguel Machado

Arrancada a ferros, com golo já nos descontos, o SC Braga venceu o Farense, por 2-1, na 25.ª jornada do campeonato e mantém debaixo de olho as águias e os dragões na luta pela Liga dos Campeões.

O SC Braga não desarma do sonho de ir à Champions e conquistou ontem mais três pontos preciosos no Algarve, num triunfo sofrido, por 2-1, diante do Farense, na partida da 25.ª jornada da I Liga. Quando poucos já acreditavam, Sporar carimbou o triunfo dos Guerreiros nos descontos.
À procura de regressar ao trilho vencedor depois de duas jornadas sem vencer no campeonato (empate com Famalicão e derrota com Benfica), os Guerreiros entraram agitadores em solo algarvio, mas a verdade é que as duas primeiras grandes situações de golo foram protagonizadas pela formação do Farense. Valeram duas defesas vistosas de Matheus entre os postes do SC Braga. A primeira aos 10 minutos, a travar remate de Ruyan Gauld, e a segunda à passagem dos 18 minutos a bloquear o remate de Bilel e com recarga nas malhas laterais.
Com o jogo dividido, os jogadores bracarenses recorreram ao laboratório para desbloquear o marcador e foram felizes antes da meia hora, com um excelente golo de cabeça de Al Musrati na sequência de um canto bem medido por João Novais.
Estava feito o mais difícil, mas duraram pouco os festejos bracarenses, porque o Farense restabeleceu o empate, aos 34 minutos, também na sequência de um canto. O avançado Pedro Henrique, ao segundo poste, aproveitou falha colectiva da defesa dos Guerreiros.
Apesar do golpe, a equipa bracarense podia ter voltado a marcar antes do intervalo, num lance aos 36 minutos onde Ricardo Horta foi perdulário no coração da área depois de jogada iniciada por Al Musrati com cruzamento de Esgaio. E também aos 41 minutos pelo espanhol Abel Ruiz a cabecear por cima.
Na segunda parte o jogo não correu de feição aos Guerreiros, e foi valendo aos minhotos a grande exibição de Matheus na baliza a aguentar todas as tentativas de golo do Farense. Nota para lances aos 58 minutos, novamente a travar Ryan Gauld, aos 80 minutos a evitar o bis ade Pedro Henrique, e ainda aos 87 minutos, com o guardião bracarense a segurar praticamente na linha de golo.
Depois do show de Matheus entre os postes brilhou Sporar no ataque, ao fazer o golo da vitória do SC Braga, aos 90+1 minutos dos descontos. Num lance feliz para os Guerreiros, o avançado esloveno (que saltou do banco) foi ‘matador’ depois de um cruzamento de Galeno.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho