Correio do Minho

Braga,

- +
‘Masters’ da Montanha aceleram na Falperra de 8 a 10 de Outubro
Bênção dos Animais homenageada em exposição fotográfica

‘Masters’ da Montanha aceleram na Falperra de 8 a 10 de Outubro

Câmara de Braga inicia testagem a colaboradores das PME’s do Concelho

‘Masters’ da Montanha aceleram na Falperra de 8 a 10 de Outubro

Desporto

2021-05-11 às 06h00

Rui Serapicos Rui Serapicos

FIA Hill Climb Masters avançou ontem no salão nobre da Câmara Municipal de Braga com protocolo entre autarquia, federações e Clube Automóvel do Minho.

“Um dos maiores desafios que nos propuseram até hoje”. Foi assim que Rogério Peixoto, o presidente do CAM — Clube Automóvel do Minho definiu ontem o FIA Hill Climb Masters que vai de 8 a 10 de Outubro ter lugar no traçado da Rampa da Falperra, reduzido para a prova, reservada “aos mais prestigiados pilotos de montanha”.
No salão nobre da Câmara Municipal de Braga, decorreu ao início da tarde a assinatura do protocolo entre CAM, autarquia, FPAK — Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting e FIA — Federação Internacional do Desporto Automóvel.
Prevista para 2020, mas adiada devido à pandemia, esta é uma competição que se disputa desde 2014, de dois em dois anos, sempre em diferentes países. A última edição em Itália, contou cerca de 200 pilotos.
Questionado pelo Correio do Minho sobre que expectativas tem sobre a presença de pilotos e de elementos da organização nesta prova, Rogério Peixoto respondeu que só a organização poderá envolver cerca de 300 pessoas e sobre pilotos vincou que a maioria são de países da Europa central, admitindo que para alguns Portugal pode ser longe. Referindo-se ao público, revelou que vão ser preparadas cinco zonas de bancada e dez zonas de peões.
O presidente do CAM explicou que esta é uma prova disputada em formato de Taça das Nações, dando relevância à classificação das equipas por países.
Ainda segundo Rogério Peixoto, uma das características do FIA Hill Climb Masters é que vai ser a FIA a assumir toda a produção para a transmissão televisiva, o que proporciona condições de vantagem para captar o interesse de operadores televisivos. Também os prémios vão ser oferecidos pela FIA.
Ni Amorim, ao intervir ainda antes de assinar o protocolo em nome da FPAK, admitiu como “principal preocupação” que se cumpra o caderno de encargos e lembrou que ao acolher esta prova Braga “vai ser visto por muita gente”.
Questionado sobre o nível de encargos que esta parceria vai envolver para o município de Braga, o presidente da Câmara, Ricardo Rio, respondeu que “não está fechado” por agora um valor, devendo decorrer nesse sentido “um diálogo” entre o CAM?e o município.
Antes, ao usar da palavra no discurso protocolar, o autarca lembrou que esta iniciativa teve de ser suspensa devido à crise pandémica mas considerou que há “vontade e convicção” para a retoma, tendo considerado o FIA Hill Climb Masters uma “mais-valia”.
“Braga é uma cidade amante do desporto automóvel e que, ao longo dos últimos anos, se habituou a receber grandes eventos desportivos nacionais e internacionais. Infelizmente, fruto da pandemia, tivemos de suspender muitas realizações no último ano e meio, como foi o caso desta prova que estava prevista para o ano transacto”, afirmou.
“O Município continua empenhado em garantir todas as condições para que Braga continue a ser um espaço de referência a nível nacional e internacional e temos a profunda convicção de que este será um ano de retoma no acolhimento de novos eventos”, acrescentou.
Vincent Caro, secretário-geral da FIA, começou por lembrar a já “longa tradição” das provas de montanha e apontou adiante esta corrida como um evento com “mais exposição”.
Adiante, aquele responsável reconheceu o “entusiasmo” do público português, lembrando ter visto há dois anos em Itália portugueses vestidos de verde e vermelho para incentivar os seus pilotos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho