Correio do Minho

Braga, terça-feira

Marafona quase apto mas Matheus deve segurar o lugar
Lampreia já chegou à mesa de 15 restaurantes de Vila Nova de Cerveira

Marafona quase apto mas Matheus deve segurar o lugar

S. Victor promove mostra associativa em Outubro

Desporto

2017-04-19 às 06h00

Carlos Costinha Sousa

Neste momento são várias as dúvidas que se levantam certamente na mente de Jorge Simão, na preparação da equipa para o jogo do próximo domingo em Paços de Ferreira. Depois de Marafona ter falhado o duelo com o FC Porto, no qual Matheus assumiu o lugar realizando uma exibição personalizada, consistente e que deu confiança à equipa, o guarda-redes português já treinou, ontem, integrado no grupo de trabalho, mas ainda de forma condicionada, o que indica que poderá ser opção para o duelo com os castores. No entanto, a exibição de Matheus no último jogo foi convincente e, ao que tudo indica, o treinador deve manter a aposta no brasileiro.

Neste momento são várias as dúvidas que se levantam certamente na mente de Jorge Simão, na preparação da equipa para o jogo do próximo domingo em Paços de Ferreira.
Depois de Marafona ter falhado o duelo com o FC Porto, no qual Matheus assumiu o lugar realizando uma exibição personalizada, consistente e que deu confiança à equipa, o guarda-redes português já treinou, ontem, integrado no grupo de trabalho, mas ainda de forma condicionada, o que indica que poderá ser opção para o duelo com os castores. No entanto, a exibição de Matheus no último jogo foi convincente e, ao que tudo indica, o treinador deve manter a aposta no brasileiro.

Mas esse não é o único desafio que o técnico tem pela frente, uma vez que a equipa está muito limitada, para esta partida, face às lesões ainda existentes de Hassan, Wilson Eduardo, Mauro e Assis, a que se juntam agora também as ausências forçadas de Baiano, Vukcevic e Rui Fonte, que terão que cumprir castigo no próximo encontro.

Se na lateral direita Marcelo Goiano renderá Baiano, com a ausência de Vukcevic no meio- -campo as opções são limitadas com apenas Rodrigo Battaglia, Gamboa e Xadas disponíveis, sendo que Jorge Simão chamou também aos treinos o jovem Loum, da equipa B, que poderá também ser opção. Na frente de ataque e perante a ausência de Rui Fonte, sobram Stojiljkovic e Rodrigo Pinho, sendo que o sérvio não tem sido opção do treinador, sendo mesmo excluído dos convocados pelo brasileiro. De qualquer forma, Pinho não estará na melhor forma física, devendo a opção recair sobre Stojiljkovic.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.