Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Mais novos vão ao volante de um carro eléctrico para a cirurgia ou exame
Viana do Castelo assinala 763 anos do Foral Afonsino com homenagem a funcionários municipais com 40 anos de serviço

Mais novos vão ao volante de um carro eléctrico para a cirurgia ou exame

Municípios minhotos dão palco à música luso-galaica

Mais novos vão ao volante de um carro eléctrico para a cirurgia ou exame

Braga

2021-05-18 às 12h30

Redacção Redacção

Iniciativa partiu da empresa bracarense Volt-e, com o objectivo de minimizar a ansiedade das crianças internadas no trajecto para uma cirurgia ou exame.

As crianças internadas no Hospital de Braga podem viajar para as cirurgias do Bloco Operatório ou exames de diagnóstico, ao volante de dois divertidos carros eléctricos miniatura.

A iniciativa partiu da Volt-e, empresa de Braga especializada em carregadores de veículos eléctricos, e tem como principal objectivo minimizar a ansiedade das crianças internadas, desconstruindo o habitual receio no trajecto para uma cirurgia, ou exame, numa aventura em quatro rodas, com muitos sorrisos na viagem.

“A cirurgia pode ser um momento extremamente angustiante para a maioria das pessoas, quanto mais para uma criança. É para nós uma honra contribuir para que a experiência dos mais novos seja o mais agradável possível, desafiando o imaginário de 1001 formas.”, revela Dina Araújo, directora financeira e comercial da Volt-e.

Para João Porfírio Oliveira, presidente do Conselho de Administração do Hospital de Braga “estas acções e parcerias ajudam a humanizar o hospital e, no caso específico das crianças, a mitigar os medos que se vão desenvolvendo,” e acrescenta “com estas acções estamos a possibilitar que as crianças olhem o hospital também como um local de brincadeira.”

Os dois carros eléctricos encontram-se certificados com todas as normas de segurança e adaptam-se às mais diversas situações, podendo ser controlados remotamente por um adulto, de forma a garantir que não haja embates, ou solavancos, sendo facilmente transferidos.

Celeste Machado, enfermeira-chefe do bloco operatório, garante que “qualquer hospitalização é uma fonte de ansiedade para a criança e para os pais, mas existem determinadas técnicas e acções que ajudam a minimizar esse stress, nomeadamente na sala de espera do bloco e por isso estes dois carros eléctricos serão certamente muito úteis”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho